sábado, 10 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Pandemia

"Há genocídio sim no Brasil", diz Kakay sobre atuação de Bolsonaro

Nesta semana, Felipe Neto foi intimado a prestar depoimento por chamar o presidente de genocida.

quarta-feira, 17 de março de 2021

O youtuber Felipe Neto foi intimado pela Polícia Civil do RJ a prestar depoimento por chamar o presidente Jair Bolsonaro de genocida devido à sua atuação ante a pandemia da covid-19. A notícia-crime teria partido de Carlos Bolsonaro, com base na Lei de Segurança Nacional.

Essa não é a primeira vez que algo assim acontece. Em janeiro, o advogado Marcelo Feller também foi intimado - dessa vez pela Polícia Federal -, por acusar Bolsonaro de ter cometido assassinato em massa por omissão durante a pandemia. O inquérito, no entanto, foi arquivado.

Sobre a possível atuação negligente, teria Bolsonaro sido realmente responsável pela grave situação em que se encontra o país? Perguntamos ao criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, se o presidente pode, de fato, ser responsabilizado. Confira:

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 17/3/2021 16:27

LEIA MAIS