quarta-feira, 4 de agosto de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. >
  4. TST: Amaury Rodrigues Pinto e Alberto Balazeiro são nomeados ministros
Nomeação

TST: Amaury Rodrigues Pinto e Alberto Balazeiro são nomeados ministros

Eles passam a ocupar, respectivamente, as vagas decorrentes das aposentadorias do ministro Márcio Eurico Vitral Amaro e do ministro João Batista Brito Pereira.

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Foi publicado no DOU da última terça-feira, 20, o decreto do presidente da República, Jair Bolsonaro, que nomeia o desembargador do TRT da 24ª região Amaury Rodrigues Pinto Junior e o procurador-Geral do Trabalho, Alberto Bastos Balazeiro, como ministros do TST.

Eles passam a ocupar, respectivamente, as vagas decorrentes das aposentadorias do ministro Márcio Eurico Vitral Amaro e do ministro João Batista Brito Pereira.

A sessão solene de posse será realizada em data a ser ainda definida. Já a posse administrativa ocorreu nesta quarta-feira, 21.

(Imagem: Montagem Migalhas: Imagens: TRT 24 | ANPT)

Amaury Rodrigues Pinto e Alberto Bastos Balazeiro são os novos ministros do TST.(Imagem: Montagem Migalhas: Imagens: TRT 24 | ANPT)

Perfis

Amaury Rodrigues Pinto Junior é natural de Curitiba/PR, bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da capital paranaense, tendo ingressado na magistratura como juiz do Trabalho substituto do TRT da 10ª região, em 1989. Presidiu as Juntas de Conciliação e Julgamento (atualmente varas do Trabalho) de Mundo Novo e Campo Grande/MS e dirigiu o foro de Campo Grande. Em 16/5/01, foi promovido, por merecimento, a desembargador do TRT da 24ª região e presidiu a corte no biênio 2006/2008, sendo o atual presidente, no biênio 2020/2021.

Alberto Bastos Balazeiro é o atual procurador-Geral do Trabalho. Nasceu em Salvador/BA, graduou-se em Direito pela Universidade Católica de Salvador e ingressou no MPT em 2008. Em 2017, concluiu mestrado em Direito pela Universidade Católica de Brasília, apresentando a dissertação "Atuação do Ministério Público do Trabalho no Combate à Corrupção". De 2013 a 2017, foi procurador-chefe do MPT na Bahia.

Informações: TST.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 22/7/2021 09:03