quarta-feira, 22 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Nova lei em SP: quem escolher marca de vacina irá para o fim da fila
Imunização

Nova lei em SP: quem escolher marca de vacina irá para o fim da fila

A norma foi publicada no Diário Oficial do município desta terça-feira, 27.

terça-feira, 27 de julho de 2021

Nesta terça-feira, 27, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, sancionou a lei 17.583/21, que manda para o fim da fila da vacinação quem se recusar a tomar o imunizante contra a covid-19 disponível nas unidades de saúde. A norma foi publicada no Diário Oficial do município.

(Imagem: Cecilia Fabiano/LaPresse/DiaEsportivo/Folhapress)

População não poderá escolher a marca da vacina.(Imagem: Cecilia Fabiano/LaPresse/DiaEsportivo/Folhapress)

Segundo trecho da lei, a renúncia ao imunizante motivará a suspensão do direito à vacinação no período regular previsto dentro do cronograma do PMI - Plano Municipal de Imunização na rede municipal de saúde.

Aquele que for retirado do cronograma de vacinação por recusa do imunizante será incluído novamente na programação após o término da vacinação dos demais grupos previamente estabelecidos.

A secretaria municipal de saúde fica autorizada a criar um termo de recusa, que deverá ser assinado por aqueles que recusarem o imunizante oferecido nos postos de vacinação.

Ficam excluídos da lei as gestantes e puérperas sem e com comorbidades, e pessoas com comorbidades com comprovada recomendação médica, cujo laudo médico será retido no momento da aplicação.

  • Clique aqui para ler a íntegra da lei.

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/7/2021 11:22