sexta-feira, 24 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Capitu traiu Bentinho? Código de Machado de Assis revela mistério
Lançamento

Capitu traiu Bentinho? Código de Machado de Assis revela mistério

Este e outros enigmas da obra do Bruxo do Cosme Velho são esmiuçados em livro com viés jurídico.

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Os estudiosos do Direito vão ao delírio. Os amantes de Machado de Assis não veem a hora de ler. Que rufem os tambores! A Editora Migalhas acaba de lançar o "Código de Machado de Assis", livro de Miguel Matos que aborda a obra do Bruxo do Cosme Velho sob uma perspectiva inédita: o viés jurídico.

(Imagem: Arte Migalhas)

O livro "Código de Machado de Assis"(Imagem: Arte Migalhas)

Embora possa ter passado despercebido pelos olhos mais distraídos, Machado de Assis tem muito do estudo das leis: o leitor vai se surpreender ao descobrir mais de 200 personagens ligados às profissões jurídicas nos textos machadianos.

Neste livro, o autor une a paixão pela literatura com a paixão pelo Direito e propõe uma viagem pela obra do imortal escritor, desvendando enigmas que começam aqui, terminam num outro texto ali, e juntos compõem verdadeiro acervo histórico que nos remete à vida de Machado e de seus contemporâneos do século XIX.

Entre as revelações, aquela que sepulta a dúvida maior que atormenta a literatura brasileira: Capitu traiu Bentinho? A resposta está clara como o sol. Dirá o leitor que é até estranho ter demorado tanto para que a solução despontasse. E, como bom advogado, Miguel Matos tem a prova cabal, cuja busca se inicia em Dom Casmurro, passa por A Mão e a Luva, e termina no Código, e que só lendo o livro para descobrir.

"Original e criativo, bem pensado, bem escrito e bem pesquisado", diz o ministro Luís Roberto Barroso sobre o Código de Machado de Assis em seu prefácio. "O livro de Miguel Matos acumula verdadeiro tesouro para o leitor que se interesse pelo Direito", é o conselho do ex-presidente José Sarney, que apresenta a obra.

Editor do diário eletrônico jurídico Migalhas, Miguel Matos diz que o livro é uma convocação para a leitura de Machado. "Ele fala de vocês, ele escreve para vocês." Escritor do século XIX, ele continua mais atual do que nunca.

Enfim, é bem o momento de adquirir seu exemplar, que já está disponível em: livrariamigalhas.com.br, e também na Amazon, em versão impressa e digital, para todos os gostos.

#1 na Amazon

Mal saiu do forno e o livro já figura no primeiro lugar entre os mais vendidos na gigante Amazon. 

Maiores jornais do país

O livro é não só sucesso de venda, mas também sucesso de crítica. Código de Machado de Assis apareceu nos jornais de maior circulação do país.

"É uma visita à obra do maior escritor brasileiro, ao seu tempo e ao mundo das leis", destacou o respeitado jornalista Elio Gaspari, em sua coluna na Folha de S.Paulo e n'O Globo. A revista IstoÉ diz que a monumental obra mostra o cruzamento do mundo jurídico com o Bruxo do Cosme Velho.

A coluna Radar, da revista Veja, destaca que o livro traz um pequeno exército de personagens associados ao mundo jurídico. No Estadão, Sonia Racy revela que a solução encontrada por Miguel Matos para o enigma sobre a traição de Capitu está em outro livro do escritor. Lauro Jardim, n'O Globo, conta que o prefácio do ministro Barroso "é uma estocada que se encaixa ao figurino de Bolsonaro".

Confira a repercussão.

Saiba mais

A obra tem um site específico, com mais informações: codigodemachadodeassis.com.br    

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 15/9/2021 08:28