quarta-feira, 6 de julho de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Justiça ordena que plano de saúde custeie cirurgia no quadril de idoso
Saúde

Justiça ordena que plano de saúde custeie cirurgia no quadril de idoso

A ré também foi condenada a cobrir órteses, próteses e outros materiais, conforme recomendação médica.

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

Em decisão liminar, o juiz de Direito Iuri Sverzut Bellesini, da 2ª vara Cível de Orlândia/SP, determinou que plano de saúde autorize procedimento cirúrgico no quadril de idoso, com a cobertura de órteses, próteses e outros materiais, conforme solicitado pelo médico assistente, sob pena de multa diária.

 (Imagem: Freepik)

Idoso consegue autorização e custeamento de cirurga.(Imagem: Freepik)

À Justiça, o idoso alegou que precisa ser submetido a uma artroplastia total do quadril e que a ré exigiu, indevidamente, o custeio de órteses, próteses e materiais especiais solicitados, com custo de R$ 8.452,50. Ele disse que é hipossuficiente e não tem como arcar com o valor.

Ao analisar preliminarmente o caso, o juiz verificou os requisitos para a concessão da liminar.

"Ainda que ao contrato não se apliquem as disposições da Lei n. 9.656/98, é nula de pleno direito a cláusula contratual que exclui a cobertura de órteses e próteses essenciais ao procedimento cirúrgico, pois restrição desta natureza contraria a finalidade da avença e coloca o consumidor em desvantagem exagerada."

Assim sendo, determinou que o plano de saúde autorize a realização do procedimento cirúrgico com a cobertura dos materiais, sob pena de multa diária de R$ 300.

O escritório Guedes & Ramos Advogados Associados atua na causa.

Veja a decisão.

______________

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 18/1/2022 10:32

Patrocínio