sábado, 28 de maio de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Vídeo: Advogada baleada afirma que honorários motivaram crime
Direto do hospital

Vídeo: Advogada baleada afirma que honorários motivaram crime

Em vídeo gravado do hospital, advogada baleada diz que cliente se negava a pagar honorários em processo de inventário.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Uma advogada vítima de tentativa de homicídio por um cliente dentro de seu escritório nesta quarta-feira, 26, gravou um vídeo do hospital explicando o que teria motivado o crime. Nayara Gilda Gomes Acha Prestes (OAB/RJ 220286) conta que o cliente se negava a pagar seus honorários em um processo de inventário e que queria revogar sua procuração. 

Ela informou que, embora ainda esteja com balas alojadas pelo corpo, não corre risco de vida.

Assista ao vídeo da advogada: 

No vídeo, Nayara conta que representava o homem em um processo de inventário de valor alto, e que ele lhe deve cerca de R$ 160 mil. Segundo ela, o valor é baixo para aquele processo se considerada a tabela da OAB.

O cliente teria tentado revogar sua procuração para não realizar o pagamento, ao que ela teria solicitado ao juiz que destacasse seus honorários quando saísse a partilha.

O homem, então, apareceu em seu escritório dizendo que queria revogar a procuração. Foi quando sacou a arma e efetuou os disparos.

"Estou com um tiro no peito, que está alojado não sei onde ainda. Está doendo muito. Estou também com um tiro alojado em um braço. (...) Eu consegui tirar, no final, a arma da mão dele e joguei. Eu poderia ter atirado nele, mas eu não quis. Não é certo ninguém tirar a vida de ninguém. Eu joguei a arma pela escada. Ele me enforcou, me fez um mata-leão. (...) Quando consegui me soltar, saí correndo pelo shopping. (...) O médico falou que eu não corro risco de vida."

O crime

Nayara Prestes foi baleada dentro de seu escritório por um cliente em Campos dos Goytacazes/RJ, durante o exercício profissional. Câmera de segurança registrou o momento. É possível ver a reação de defesa de Nayara, que entrou em luta corporal com o atirador.

Assista:

Ele estava sendo atendido e, após discutir com Nayara, sacou a arma e efetuou vários disparos. Mesmo ferida nas mãos, tórax e braço, a advogada conseguiu correr para pedir ajuda e foi socorrida.

O cliente foi preso com a arma do crime e levado para a 134ª Delegacia de Polícia, onde o caso será investigado.

A OAB de Campos emitiu nota informando que acompanhará as investigações.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/1/2022 11:24

Patrocínio