MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. CNJ suspende julgamentos com origem no RS ou com advogados no Estado
Tragédia no RS

CNJ suspende julgamentos com origem no RS ou com advogados no Estado

Decisão foi baseado nos eventos climáticos extremos ocorridos nas últimas semanas.

Da Redação

quarta-feira, 15 de maio de 2024

Atualizado às 12:20

Na última segunda-feira, 13/5, o CNJ decidiu suspender, até 31 de maio, todas as audiências e sessões de julgamento envolvendo o estado e os municípios do Rio Grande do Sul, bem como nos processos oriundos de varas e tribunais situados no estado com advogados exclusivamente registrados na OAB/RS.

A determinação, assinada pelo presidente do CNJ, ministro Luís Roberto Barroso, e pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Luis Felipe Salomão, atende às solicitações do Conselho Federal da OAB e do Conselho Seccional da OAB/RS. Eles relataram as severas dificuldades e impactos provocados por eventos climáticos extremos na região, que resultaram em mais de 140 mortes, desaparecimentos e milhares de desabrigados em todo o estado.

 (Imagem: Diego Vara/Agência Brasil)

CNJ suspende audiências e julgamentos com origem no RS ou que tenham advogados inscritos na OAB do estado.(Imagem: Diego Vara/Agência Brasil)

A suspensão cobre o período de 2 a 31 de maio, exceto para casos urgentes ou aqueles em que o atraso possa resultar em dano grave ou de difícil reparação. A aplicação se estende a processos nos tribunais de todo o país, incluindo os tribunais superiores e os conselhos Nacional de Justiça, da Justiça Federal e Superior da Justiça do Trabalho, em ações em que o estado do Rio Grande do Sul ou seus municípios, o MP/RS, as partes representadas exclusivamente por advogados da Seccional da OAB/RS ou pela DPE/RS sejam partes.

Os prazos processuais já haviam sido interrompidos até o fim de maio devido ao estado de calamidade pública proclamado pelo governo estadual. "Portanto, a extensão dos efeitos para incluir audiências e sessões de julgamento é uma medida necessária, considerando a interrupção das condições normais para a realização desses procedimentos judiciais", ressalta o texto ao deferir o pedido de suspensão.

Patrocínio

Patrocínio Migalhas