sábado, 25 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Paulo Duque, presidente do Conselho de Ética, informa hoje se aceita investigações contra Sarney

Paulo Duque, presidente do Conselho de Ética, informa hoje se aceita investigações contra Sarney

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, senador Paulo Duque (PMDB/RJ), convocou reunião do colegiado para as 15h hoje, 5/8, quando deverá se pronunciar se aceita ou não representações e denúncias contra o senador José Sarney (PMDB/AP). Na mesma reunião, deverá ser eleito o vice-presidente do Conselho.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009


Aceita ou não ?

Paulo Duque, presidente do Conselho de Ética, informa hoje se aceita investigações contra Sarney

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, senador Paulo Duque (PMDB/RJ), convocou reunião do colegiado para as 15h hoje, 5/8, quando deverá se pronunciar se aceita ou não representações e denúncias contra o senador José Sarney (PMDB/AP). Na mesma reunião, deverá ser eleito o vice-presidente do Conselho.

Duas representações do PSOL e três denúncias do senador Arthur Virgílio (PSDB/AM) foram apresentadas no dia 15/7, dois dias antes do início do recesso. Pelo regimento, o presidente do Conselho tem cinco dias úteis para manifestar se aceita ou não as denúncias e representações - não são contados os dias de recesso.

Durante o recesso, o PSOL protocolou uma terceira representação e o PSDB apresentou três. Além disso, o senador Arthur Virgílio protocolou outras três denúncias para que seja investigado o presidente do Senado, duas delas assinadas com o senador Cristovam Buarque (PDT/DF).

As ações protocoladas antes do recesso pedem investigações e questionam Sarney por conta dos chamados "atos administrativos secretos" do Senado, denúncias de desvio de verbas da Fundação José Sarney e empréstimos consignados concedidos a servidores do Senado com a interveniência de uma empresa do neto do presidente da Casa e a declarações de Sarney em plenário sobre sua participação na Fundação.

Nas representações propostas durante o recesso parlamentar, o PSDB pede em linhas gerais as mesmas providências que o senador Arthur Virgílio havia solicitado nas denúncias protocoladas no dia 15 de julho. Já a terceira representação do PSOL solicita que sejam investigadas denúncias de que a Fundação José Sarney seria responsável pelo desvio de cerca de R$ 500 mil recebidos da Petrobras a título de patrocínio cultura. Pede ainda a abertura de investigações sobre a notícia de que Sarney não teria declarado à Justiça Eleitoral uma casa onde mora em Brasília.

_________
______________

Leia mais

  • 29/7/09 - OAB interpela Tarso no STF por acusar advogado de vazamento contra Sarney - clique aqui.
  • 16/7/09 - Jurista Saulo Ramos esclarece notícia de que estaria aconselhando Sarney na crise política e administrativa que tomou conta do Senado - clique aqui.
  • 13/7/09 - Centro acadêmico "XI de Agosto" cria petição on-line para manifestar o seu repúdio à corrupção e aos atos secretos do Senado - clique aqui.
  • 13/7/09 - José Sarney anula os 663 atos secretos - clique aqui.
  • 28/5/09 - Presidente do Senado reconhece recebimento irregular de auxílio - clique aqui.
  • 13/5/09 - Sarney anuncia mudanças na estrutura do Senado - clique aqui.

______________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 5/8/2009 08:03