O que saiu em Migalhas sobre Elias Canetti
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Elias Canetti

Veja o que saiu no Migalhas sobre Elias Canetti
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 24/2/2021

Porandubas nº 705

O Brasil desta semana é diferente do país de uma semana atrás. As circunstâncias, Gaudêncio Torquato expõe.

... preencher foi-lhe destinado". (Elias Canetti in Massa e Poder).
Porandubas nº 705
/depeso
segunda-feira, 8/10/2018

Por quem os votos falam

Amarga será a constatação de que os candidatos podem escapar do controle dos pesos e contrapesos.

...elementar da expressão de Elias Canetti. Infelizmente, a radicalização que se registra leva o cidadão para o canto do ringue onde se gladiam poucas ideias e muita violência verbal. A sociedade está acuada e o avanço da...
Por quem os votos falam
/depeso
quarta-feira, 18/7/2018

O direito criativo

Para além de todo exposto, com o pensamento apenas na prática do direito, é válida a lembrança de que se o fato criativo for arrancado do fazer legislativo, ficarão fora das leis a nossa cultura, os nossos costumes, e quando a lei fraquejar...

...habitando a linguagem, pois, com Elias Canetti, o tema é que explode a forma, não a forma que explode o tema (NEJAR, 2011, P.23-27).   Para além de todo exposto, com o pensamento apenas na prática do direito, é válida a...
O direito criativo
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 19/4/2017

Porandubas nº 526

Quem sobrará na trilha de 2018?

...todos para minha casa". Elias Canetti, em seu clássico Massa e Poder, arremata: Nesta invulnerabilidade numa luta contra seis inimigos de uma só vez, Gengis Khan via a prova mais certa de todas as suas conquistas e de suas...
Porandubas nº 526
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 7/10/2015

Porandubas nº 464

A questão do impeachment de Dilma parece um jogo de tabuleiro. Dilma fica ou sai? Renuncia ou é afastada?

...da massa A massa, ensina Elias Canetti em "Massa e Poder", vive em função de sua descarga. Ela passa por um período longo, ganhando densidade, preparando-se para o momento de descarga. O grito espontâneo da massa expressa...
Porandubas nº 464
/coluna/abc-do-cdc
quinta-feira, 7/3/2013

O poder empresarial na sociedade de consumo

O colunista aborda o poder existente e como ele se tornou e se torna possível no mercado de consumo.

...escritor de nacionalidade turca Elias Canetti em seu livro "Massa e Poder"3conta a parábola do gato e do rato. Do que ele diz, pode-se extrair mais ou menos o seguinte. Um gato segura um rato na boca. Pergunta: Isso é...
O poder empresarial na sociedade de consumo
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 12/9/2012

Porandubas nº 332

O clima que envolve o pleito é morno. Para o colunista, as eleições de outubro se inserem entre as mais tranquilas da contemporaneidade.

...mueve velozmente a mi alrededor, se me iluminan los días no vividos. (Elias Canetti - Hampstead) Burocracia O excesso de burocracia prejudica a competitividade de 92% das indústrias brasileiras. A avaliação é da CNI,...
Porandubas nº 332
/depeso
terça-feira, 19/7/2011

Preparado para partir?

O desembargador José Renato Nalini, do TJ/SP, sempre se destacou como jurista de primeira linha, professor de Ética, ambientalista de larga visão, e pela capacidade gerencial demonstrada quando presidente do extinto Tribunal de Alçada. Semp...

...autores, Nelson Rodrigues, Elias Canetti, Philip Roth, Lygia Fagundes Telles, Yeats, Eliot, John Donne, Álvares de Azevedo, Guimarães Rosa ("as pessoas não morrem: ficam encantadas"), e Paulo Bomfim: No cemitério os mortos...
Preparado para partir?
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 2/12/2009

Porandubas nº 214

Historinha engraçada... Pernambucano audaz, Newton Coumbre passava em frente ao quartel de Obuzes de Olinda, logo depois do golpe de 64. Carregava uma bomba d'água enrolada em jornal. Dois sentinelas, fuzis em punho, avançaram sobre ele, a...

Historinha engraçada... Pernambucano audaz, Newton Coumbre passava em frente ao quartel de Obuzes de Olinda, logo depois do golpe de 64. Carregava uma bomba d'água enrolada em jornal. Dois sentinelas, fuzis em punho, avançaram sobre ele, a...
Porandubas nº 214
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 11/11/2009

Porandubas nº 211

"Não sou Deus, mas posso ser" De um cantador das feiras do interior do nordeste arrematando o mote "Não sou Deus, mas posso ser", respondendo ao rival : "O ano tem doze mês,O dinheiro é quem faz guerraAdão foi feito de terra,Não se m...

"Não sou Deus, mas posso ser" De um cantador das feiras do interior do nordeste arrematando o mote "Não sou Deus, mas posso ser", respondendo ao rival : "O ano tem doze mês,O dinheiro é quem faz guerraAdão foi feito de terra,Não se m...
Porandubas nº 211
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 16/9/2009

Porandubas nº 203

Grande prole Da Bahia, vem a historinha. José de Almeida, contador do BB, fazia o cadastro da agência. Um dia, chega Heroino Pita, fazendeiro. Que respondeu na bucha o formulário ? Nome, idade, imóveis, renda anual, dívidas. Aí vem a per...

Grande prole Da Bahia, vem a historinha. José de Almeida, contador do BB, fazia o cadastro da agência. Um dia, chega Heroino Pita, fazendeiro. Que respondeu na bucha o formulário ? Nome, idade, imóveis, renda anual, dívidas. Aí vem a per...
Porandubas nº 203
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 3/6/2009

Porandubas nº 192

Emancipação merecida Manoel Moreira da Silva, médico, sogro do especialista agrícola, Eliseu Andrade Alves, presidente da Embrapa, chefe político da UDN em Carrancas, Minas Gerais, lutou anos pela emancipação do distrito. O IBGE resistia...

Emancipação merecida Manoel Moreira da Silva, médico, sogro do especialista agrícola, Eliseu Andrade Alves, presidente da Embrapa, chefe político da UDN em Carrancas, Minas Gerais, lutou anos pela emancipação do distrito. O IBGE resistia...
Porandubas nº 192
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 15/4/2009

Porandubas nº 185

Ecos do velho sertão nos idos de outrora... Uma mulher de Patos, no coração da Paraíba, traiu o marido. O coronel Miguel Sátiro, pai do governador Ernani Sátiro, mandou dar uma surra na madame. O juiz, dr. Fenelon Nóbrega Vanderlei, não...

Ecos do velho sertão nos idos de outrora... Uma mulher de Patos, no coração da Paraíba, traiu o marido. O coronel Miguel Sátiro, pai do governador Ernani Sátiro, mandou dar uma surra na madame. O juiz, dr. Fenelon Nóbrega Vanderlei, não...
Porandubas nº 185
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 18/3/2009

Porandubas nº 181

Dilma Rousseff À guisa de introdução, dois versinhos de um canto poético sobre a ministra Dilma Rousseff, que a verve nordestina, com a gentileza de Suyane França, Assessora de Comunicação e Marketing da Prefeitura de São Miguel/RN, manda ...

Dilma Rousseff À guisa de introdução, dois versinhos de um canto poético sobre a ministra Dilma Rousseff, que a verve nordestina, com a gentileza de Suyane França, Assessora de Comunicação e Marketing da Prefeitura de São Miguel/RN, manda ...
Porandubas nº 181
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 4/3/2009

Porandubas nº 179

Rima Lacerda, governador de Guanabara, candidato à presidência da República, foi a Montes Claros, no norte de Minas, onde Aécio Neves divisa um pedaço nordestino de sua terra mineira. A cidade amanheceu com os muros pichados : "Lacerda r...

Rima Lacerda, governador de Guanabara, candidato à presidência da República, foi a Montes Claros, no norte de Minas, onde Aécio Neves divisa um pedaço nordestino de sua terra mineira. A cidade amanheceu com os muros pichados : "Lacerda r...
Porandubas nº 179
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 28/1/2009

Porandubas nº 175

Comecemos com a fábula do fogo. "Ofendido porque a água na panela está colocada acima dele, o fogo, que se considera elemento superior, começa a erguer cada vez mais alto as suas chamas. Até provocar a ebulição da água que, transbo...

Comecemos com a fábula do fogo. "Ofendido porque a água na panela está colocada acima dele, o fogo, que se considera elemento superior, começa a erguer cada vez mais alto as suas chamas. Até provocar a ebulição da água que, transbo...
Porandubas nº 175
/coluna/porandubas-politicas
sexta-feira, 28/11/2008

Porandubas nº 168

Quais as perspectivas que se apresentam ao Brasil em um contexto de crise ? Confesso que não sei responder. Mas sei uma historinha sobre as tais perspectivas. Abro a Coluna com o relato abaixo : Luís Pereira, pintor de parede, dormi...

Quais as perspectivas que se apresentam ao Brasil em um contexto de crise ? Confesso que não sei responder. Mas sei uma historinha sobre as tais perspectivas. Abro a Coluna com o relato abaixo : Luís Pereira, pintor de parede, dormi...
Porandubas nº 168
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 30/7/2008

Porandubas nº 153

COMEÇANDO A ESQUENTAR As campanhas municipais ainda estão frias. Os candidatos lubrificam as armas. No Rio de Janeiro, o tom tem sido elevado por conta da proibição que as quadrilhas dos morros impõem à entrada de candidatos. Lá, o Esta...

COMEÇANDO A ESQUENTAR As campanhas municipais ainda estão frias. Os candidatos lubrificam as armas. No Rio de Janeiro, o tom tem sido elevado por conta da proibição que as quadrilhas dos morros impõem à entrada de candidatos. Lá, o Esta...
Porandubas nº 153
Não há mais resultados para serem exibidos.