O que saiu em Migalhas sobre Jack Nicholson
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Jack Nicholson

Veja o que saiu no Migalhas sobre Jack Nicholson
/amanhecidas
quarta-feira, 29/2/2012

MIGALHAS nº 2.823

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 - Migalhas nº 2.823 - Fechamento às 10h38. "O estudo do passado, longe de ser operação saudosista, modo de legitimar as estruturas vigentes, ou simples verificação, pode ser uma arma para abrir c...

...(Clique aqui) Curinga Jack Nicholson é preso em Recife/PE. Calma, leitor afobado. Quem foi preso foi um homem que portava RG com foto do ator hollywoodiano. (Clique aqui) Ficha limpa A Câmara Municipal de SP aprovou...
MIGALHAS nº 2.823
/coluna/circus
sexta-feira, 25/11/2011

Revisões

Tenho inúmeras qualidades e pouquíssimos defeitos. Não é o que a maioria das pessoas pensa, mas o que importa é que estou convencido disso. Uma de minhas qualidades é imaginar que eu teria contribuído para que o trabalho de outrem fo...

...(clique aqui) o chefão é o Jack Nicholson e tudo se passa num jogo de aparências: este finge que é policial mas é bandido, enquanto aquele finge que é bandido mas é policial. Ou talvez não haja diferença nenhuma, sei lá. O...
Revisões
/coluna/circus
sexta-feira, 9/11/2007

Easy Rider

Mais um fim de semana que se anuncia perdido. Por um dá cá aquela palha ele e a mulher discutindo em plena sexta-feira. "Pela tua moderníssima expressão dá para perceber a influência de tua mãe na educação do filho querido. Bah! Nem mor...

Mais um fim de semana que se anuncia perdido. Por um dá cá aquela palha ele e a mulher discutindo em plena sexta-feira. "Pela tua moderníssima expressão dá para perceber a influência de tua mãe na educação do filho querido. Bah! Nem mor...
Easy Rider
/coluna/circus
sexta-feira, 13/4/2007

Toc

“Essas recordações me matam!” (Roberto e Erasmo Carlos) Há cerca de 20 anos encontrei um colega, cujo aspecto não deixava margem a dúvida: estava numa crise de depressão. Com a liberdade que nossa amizade me permitia, perguntei-lhe...

“Essas recordações me matam!” (Roberto e Erasmo Carlos) Há cerca de 20 anos encontrei um colega, cujo aspecto não deixava margem a dúvida: estava numa crise de depressão. Com a liberdade que nossa amizade me permitia, perguntei-lhe...
Toc
Não há mais resultados para serem exibidos.