Segunda-feira, 27 de junho de 2016

ISSN 1983-392X

Aposentadoria

Nalini se despede do TJ/SP para assumir Secretaria da Educação

A posse será nesta quinta-feira, 28.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Prestes a completar 40 anos de magistratura (19/8/16), o desembargador José Renato Nalini deixou toga para assumir o cargo de secretário da Educação do Estado de São Paulo. A posse será nesta quinta-feira, 28, às 10h, no Palácio dos Bandeirantes.

O desembargador, que presidiu o TJ/SP no biênio de 2014-2015, se despediu da magistratura na terça-feira, 26, com a publicação de sua aposentadoria no Diário Oficial do Estado.

Na carta de despedida enviada ao atual presidente da Corte, Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, Nalini, que completou 70 anos em dezembro passado, disse que "estava animado para continuar", mas teve de ceder ao pedido do governador Geraldo Alckmin, que o convenceu "a aceitar o árduo desafio de assumir a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo".

"Foi dolorida a opção, como está sendo dolorosa a despedida. Mas não me afeiçoei a cargos e funções. Sempre as recebi como verdadeira missão. A Providência me cumulou de benefícios. Sinto-me obrigado, até com prejuízo de ordem material, a devolver um pouco à comunidade."

Em nota à imprensa, o magistrado afirmou que contribuir com a educação pública "é um desafio que reclama humildade e coragem" e convidou todos a oferecer sua parcela de contribuição.

"Educação é um direito social fundamental, com sua contraface de dever partilhado entre Estado, sociedade e, muito especialmente, com a essencial participação da família."

Histórico

José Renato Nalini nasceu na cidade de Jundiaí em 1945 e formou-se em Direito pela PUC-Campinas, turma de 1970. Foi promotor de Justiça, cargo que assumiu em 1973. Ingressou na Magistratura em 1976, trabalhando nas comarcas de Barretos, Monte Azul Paulista, Itu e Jundiaí, além da capital. Foi promovido, em 1993, ao cargo de juiz do Tribunal de Alçada Criminal, onde ocupou os cargos de vice-presidente e presidente.

Em 2004, se tornou desembargador, sendo eleito por duas vezes para integrar o Órgão Especial do TJ/SP. No biênio 2012-2013 exerceu o cargo de corregedor-geral da Justiça e presidiu a Corte durante o biênio 2014-2015.

Nalini é mestre e doutor em Direito Constitucional pela USP. Leciona, sem interrupção, desde 1969, em diversas instituições. Atualmente, é docente na Universidade Nove de Julho – UNINOVE e Sociedade Padre Anchieta de Ensino –FADIPA. Também é conselheiro da USP.

leia mais

últimas quentes