Sábado, 24 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Gramatigalhas

por José Maria da Costa

Outrem

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

dúvida do leitor

O leitor João Batista de Oliveira envia a seguinte mensagem ao Gramatigalhas:

"Desejo saber qual a pronúncia correta da palavra 'outrem', pois algumas pessoas pronunciam outrem utilizando-se da letra o como vogal tônica; já outras utilizam a vogal e como se esta fosse a vogal tônica. Afinal, eu devo pronunciar, ôutrem ou outrém. Grato!"

envie sua dúvida


Outrem

1) Significa, basicamente, outra pessoa. Ex.: "O magistrado esperava que outrem, não o réu, adentrasse na sala de audiências naquela oportunidade".

2) Trata-se de palavra paroxítona, sendo errôneas a grafia e a pronúncia outrém, apesar de Napoleão Mendes de Almeida referir que "era antigamente acentuado oxitonamente, como alguém, ninguém".

3) Nesse sentido, espancando dúvidas, o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia Brasileira de Letras, que é o veículo oficial indicador das palavras existentes em nosso idioma e de sua correta grafia e pronúncia, registra outrem, sendo, assim, essa a forma que se há de observar.

4) Por sua própria pronúncia, vê-se inexistir razão para acento gráfico.

______

Manual de Redação Jurídica
José Maria da Costa

José Maria da Costa é graduado em Direito, Letras e Pedagogia. Primeiro colocado no concurso de ingresso da Magistratura paulista. Advogado. Mestre e Doutor em Direito pela PUC/SP. Ex-Professor de Língua Latina, de Português do Curso Anglo-Latino de São Paulo, de Linguagem Forense na Escola Paulista de Magistratura, de Direito Civil na Universidade de Ribeirão Preto e na ESA da OAB/SP. Membro da Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas. Sócio-fundador do escritório Abrahão Issa Neto e José Maria da Costa Sociedade de Advogados.