Domingo, 26 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Michel Temer abre mostra sobre centenário da morte de Euclides da Cunha, instalada na Câmara

O presidente da Câmara, Michel Temer, abriu há pouco mostra em homenagem ao escritor Euclides da Cunha, instalada na Câmara. A exposição faz parte das comemorações pelo centenário da morte do escritor. Ele ressaltou a importância da obra do Euclides da Cunha para a consolidação do jornalismo investigativo e participativo, para a literatura e até para a defesa dos movimentos sociais.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009


Euclides na Câmara

Michel Temer abre mostra sobre centenário da morte de Euclides da Cunha instalada na Câmara

O presidente da Câmara, Michel Temer, abriu ontem, 12/8, a mostra em homenagem ao escritor Euclides da Cunha, instalada na Câmara. A exposição faz parte das comemorações pelo centenário da morte do escritor. Ele ressaltou a importância da obra do Euclides da Cunha para a consolidação do jornalismo investigativo e participativo, para a literatura e até para a defesa dos movimentos sociais.

"Ao fazer sua caminhada jornalística pelo Brasil, Euclides da Cunha produziu um dois mais preciosos instrumentos da literatura brasileira - Os Sertões".

Euclides da Cunha morreu em 1909, aos 43 anos. assassinado pelo militar Dilermando de Assis, amante de sua mulher Ana. Nascido em 1866, no Rio de Janeiro, cursou a Escola Politécnica e tornou-se engenheiro militar. Em 1897, viajou para Canudos, no sertão da Bahia, como correspondente do jornal "O Estado de S. Paulo". Foi designado como correspondente do jornal para cobrir a Guerra de Canudos, quando o Exército Brasileiro enfrentou e derrotou a resistência popular liderada por Antônio Conselheiro. As reportagens que escreveu para o jornal paulista transformaram-se no livro "Os Sertões".

Painéis

Estão expostos no corredor de acesso ao plenário Ulysses Guimarães 38 painéis com trechos de Os Sertões e reproduções de telas do artista plástico Otoniel Fernandes Neto, inspiradas no livro.

A mostra poderá ser visitada até dia 21/8 das 9 às 18h.

______
_____________

Série euclidiana - matérias sobre Euclides da Cunha

  • 16/7/09 - A face oculta de Euclides da Cunha - clique aqui.

  • 15/7/09 - Rubem Nogueira : Rui Barbosa e sua visão crítica de Canudos - clique aqui.
  • 1º/7/09 - O libelo acusatório e a contrariedade ao libelo - clique aqui.
  • 30/6/09 - A denúncia e a pronúncia do réu - clique aqui.
  • 29/6/09 - Antonio Claret Maciel Santos : Euclides da Cunha: a cidade da Campanha, os amigos e o direito - clique aqui.
  • 26/6/09 - O estopim da guerra de Canudos - clique aqui.
  • 25/6/09 - Legislativo e Judiciário em Canudos - clique aqui.
  • 23/6/09 - Antônio, conselheiro jurídico - clique aqui.
  • 22/6/09 - O olhar econômico de Euclides da Cunha - clique aqui.
  • 19/6/09 - O olhar geográfico e social de Euclides da Cunha - clique aqui.
  • 18/6/09 - Euclides da Cunha às voltas com o Direito - clique aqui.
  • 18/6/09 - Euclides da Cunha nas Arcadas - Íntegra da conferência "Castro Alves e seu tempo", proferida em 2/12/1907 - clique aqui.

______
_____________

Veja também :

  • "Migalhas de Euclides da Cunha"

Alguns aforismos, umas frases golpeantes, definições magistrais, e comentários sociais, tudo isso reunido – mais de 450 excertos euclidianos – formam o simpático livrinho de bolso que Migalhas apresenta a seus doutos leitores. São as "Migalhas de Euclides da Cunha". Você pode adquirir para si a edição ou presentear algum amigo.

Livro Migalhas de Machado de Assis


Clique na imagem e adquira o seu

  • 4/8/09 - "Migalhas de Euclides da Cunha" no programa "Domingão do Faustão" - clique aqui.

____________


patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes