terça-feira, 22 de junho de 2021

MIGALHAS DE PESO

  1. Home >
  2. De Peso >
  3. MP confere aos contribuintes descontos de até 70% para os créditos tributários em aberto com a União Federal

Publicidade

MP confere aos contribuintes descontos de até 70% para os créditos tributários em aberto com a União Federal

Aleksandros Markopoulou e Thiago Barbosa Wanderley

A MP 889/19 possibilita aos contribuintes que possuam créditos tributários federais em aberto (em processo administrativo ou dívida ativa) negociar descontos de até 70% com a União Federal, por intermédio da transação tributária.

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Recentemente, em 16/10/19, foi publicada a medida provisória (MP) 899/19, alcunhada de MP do contribuinte legal, possibilitando aos contribuintes que possuam créditos tributários federais em aberto (em processo administrativo ou dívida ativa) negociar descontos de até 70% com a União Federal, por intermédio da transação tributária. 

Resultado de imagem para dinheiroPara os créditos irrecuperáveis ou de difícil recuperação, por meio da transação, os contribuintes podem negociar com a União Federal descontos que chegam à 50% para pessoas jurídicas e 70% para pessoas físicas ou microempresas ou empresas de pequeno porte (desde que não optantes pelo Simples), mas desde que não reduzam o valor principal, isto é: na prática, os descontos valem apenas para os juros e multas. 

Além disso, por meio da transação, os contribuintes também podem negociar prazos e formas de pagamento, inclusive com o parcelamento dos créditos em aberto em até 84 prestações para as pessoas jurídicas e 100 prestações para pessoas físicas ou microempresas ou empresas de pequeno porte (desde que não optantes pelo Simples), quantidade consideravelmente superior ao parcelamento ordinário, que se restringe à 60 prestações. 

Por ora, os demais detalhes acerca da transação tributária, como as hipóteses, requisitos e procedimentos, permanecem aguardando regulamentação pelos agentes responsáveis, mas tão logo sejam disciplinados, nos colocamos inteiramente à disposição de nossos clientes para esclarecer todas as dúvidas que este novo instituto certamente despertará, bem como auxiliá-los na melhor composição possível perante a União Federal. 

_____________________

t*Aleksandros Markopoulou é advogado da Baraldi Advocacia Empresarial.

 

 

 

 

t*Thiago Barbosa é advogado da Baraldi Advocacia Empresarial.

Atualizado em: 29/10/2019 10:00

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

Publicidade