dr. Pintassilgo

Guaratinguetá

Agricultura

Proprietário agrícolas existentes - 891
Proprietário agrícola com menos de 20 alqueires - 558
Proprietário agrícola de 20 a 50 alqueires -184
Proprietário agrícola de 50 a 100 alqueires - 75
Proprietário agrícola de 100 a 200 alqueires - 45
Proprietário agrícola de 200 a 500 alqueires - 27
Proprietário agrícola de mais de 500 alqueires -5

Variedade de culturas praticadas: Cana de açúcar, arroz, milho, feijão, banana, mandioca, laranja e batatinha.

Valor global aproximado das propriedades agrícolas: Cr$ 116.500.000,00

Comércio

Número de de firmas taxadas no imposto de indústrias e profissões: 334.

Relação das consideradas grandes firmas:

Fazendas e armarinhos: Antônio Sebe & Irmão, Rosa Elias & Filhos, M. A. Félix.

Cereais: Graglia & Cia. Ltda., Alcides A. Santos, Sales & Cia., Elias Jorge Boueri.

Autos e acessório: Broca & Cia. Ltda., Guilherme Barbosa, José Meireles, Fonseca, Azevedo & Cia., J. R. Silveira Mota, A. Lucchesi & Filhos, Roque Amaral Santos.

Ferragens: Osmar Alves da Silva, Irmãos Gianico, José Alves da Silva, Oliveira & Cia., Ramos & Irmão.

Rádios e acessórios elétricos: Viviani & Cia., Lojas Savist Ltda., Magalhães & Limongi, M. J. Turner, Sociedade Comercial, Técnica e Construtora de Guaratinguetá Ltda., Cia. Construtora de Guaratinguetá Ltda., Darcí Medeiros.

Lojas de calçados: A Soberana, Casa de Calçados Caltabiana, Casa Gino, Casa Vitória, Loja Verde.

Secos e molhados: Virgílio de Paula Santos, F. VilelaSobrinho, Francisco Guimarães Vaz, Geraldo Caltabiano, Giffoni & Santos, Cavalca & Cia., Eduardo Niranda, Egedio Nogueira da Silva.

Artigos de couro : Marcondes & Cia.

Relojoarias e ourivesarias : N. A. Macedo, Rocco & Irmão, Mário Ayres da Veiga.

Guilhermina Maria




















Ou Dona Mariazinha como costuma ser chamada, é natural de Guaratinguetá, nascida em 19 de junho de 1930. Filha do comerciante italiano José Rocco cursou o Normal, mas desde 1950 trabalha na loja da família, fundada em 1892. Ela lembra da época em que os militares baseados em Lorena e Piquete faziam suas compras em Guaratinguetá, o que ocasionou grande impulso ao comércio da cidade. Casada com o comerciante e fazendeiro Luis Vilela Leite, já falecido, tem três filhos.

A Casa Rocco começou com relógio. Começou com relojoaria, artigos de presente e jóias. No tempo do meu avô, que meu avô era ourives e relojoeiro, papai era relojoeiro. Então eles consertavam relógio, e depois vendia um pouco de presente, vendia artigos para dentista. Artigos dentários e óculos. E tinha muita procura de artigos dentários, porque não tinha essas casas especializadas em Guará. Depois começaram a haver casas especializadas e o Luís acabou. Na década de 60, mais ou menos. E a gente vendia para Cruzeiro, Cachoeira, o pessoal vinha comprar. Iam lá, buscar artigo. Os dentes, por exemplo: não tinha esses dentes hoje que tem de..., então vinha tudo em papelzinho, assim, a carreira de dente. Então o dentista ia lá, escolhia a cor da carreira para fazer as dentaduras, escolhia a cor, o tipo de dente. Tinha aquele..., nós temos até hoje os armários, cheios de gavetinha, que era onde eram guardados os... Os fornecedores eram de São Paulo. O papai ia em São Paulo, o [tio] Genarino, mas vinha vendedor também. Usava muito. Usava muito vendedor. Jóia principalmente, eles vinham. Imagina se hoje poderia fazer isso? Por exemplo: tinha uma casa de jóia, chamava La Royale, em São Paulo, que nós comprávamos muitas jóias deles. Ele vinha assim, o senhor Petrônio, a gente fazia amizade com os vendedores. Ele trazia de trem aqueles baús enormes de ferro assim - vinha por trem - , cheio de jóia. Aí tinha os empregados lá da Central, traziam, levavam e a gente abria os baús e via as jóias. Imagine hoje? Despachava o baú; vinha, escolhia e voltava; daí despachava outra vez. Os artigos para presentes, a gente também tinha vendedores. Era mais com vendedor - não usava muito a gente ir muito para São Paulo - trazia uma fotografia. Até hoje, fazia o mesmo processo: uma pasta com as fotos ou com os desenhos. Eu ia a São Paulo com o Luís, também. Eu e o Luís íamos muito em São Paulo para descobrir fábricas. A vida inteira nós dois fomos. Pagava os fornecedores por duplicata. Certas coisas a vista. Certas coisas, por exemplo, em São Paulo, você ia e comprava para trazer, dava nota fiscal para a gente, mas você já pagava a vista. E a loja tinha funcionários. Nunca tive muitos funcionários. Eu tive um funcionário lá, ficou 42 anos conosco. Eu tive vários funcionários. No tempo do meu pai, tinha dois relojoeiros. Dois relojoeiros que trabalhavam lá, o Guedes e o Atílio Careli. Eu me lembro bem deles. Um deles gravava à mão, uma verdadeira maravilha. Eu me lembro... O Guedes. Era um velho assim, desarrumado feito não sei o quê. Era um verdadeiro artista. Funcionários de balcão também tinha. Tinha meu tio, tinha meu pai e então... Meus filhos também ficaram. Criaram lá dentro. O Guilherme e a Marina é que estão donos. Eu saí da loja. Bom, eu saí: eu saí no papel. Mas quem sustenta, agora sou eu. Pagava as duplicatas no banco. Tinha o banco Comercial, o mais importante com que nós lidávamos. Era bem em frente à loja. Banco Comercial do Estado de São Paulo. Conhecia o gerente, nós éramos muito amigos. Tanto que quando teve a guerra, eles seqüestraram o dinheiro dos italianos..., bloquearam o dinheiro dos italianos - não é seqüestraram, é bloquearam - . Na véspera, o gerente do banco ficou sabendo, foi lá e avisou: "Tira o seu dinheiro já, que vão bloquear, tira o que você tem". Aí papai foi lá.



















Bares e confeitarias
: Almeida Dias & Cia., Orlando Molica & Cia., Benedito Máximo, Manuel Pereira Sebastião A Petisqueira.

Móveis : Isaac Berger, Fraifeld & Vanistein, A. Goldsmid.

Roupas Feitas : A. Schiffembauer, Isaac Berger.

Indústrias

Número de indústrias taxadas no Imposto de Indústrias e profissões : 190

Número de operários trabalhando nas indústrias : 2.045

Capital investido na indústria no município : Cr$ 45.963.56,00

Relações das consideradas grandes indústrias :

Tecido e cobertores: Cia. Fiação e Tecidos Guaratinguetá, Cia. Fiação e tecidos Lanifício Plástico, P. Cápio & Cia.

Explosivos: Broca & Meireles

Entretelas: Adelina Machado.

Construções: Cia. Construtora de Guaratinguetá, Sociedade Comercial, Técnica e construtora de Guaratinguetá Ltda.

Imagens: A. Lucchesi & Cia.

Resfriamento de Leite: Cooperativa de laticínios de Guaratinguetá Ltda., Industrial e Comercial de laticínios S. A., Sociedade Produtora de Laticínio de Guaratinguetá Ltda.

Bebidas: União Fabril “Irmãos Galvão” Ltda., Cavalca & Andrade Ltda.

Massas Alimentícias: Sociedade de Produtos Alimentícios “Moema Ltda”

Máquinas de beneficiamento: Benedito Maia Braga, Irmãos Almeida, J. Marcondes.

Costume: Jorge Reis

Aparelhamentos de madeiras: Castro Coelho & Cia., Agenor Bandeira.

Sabão comum: B. Nogueira Nunes, Fábrica de Sabão São José.

Bancos

Banco com matriz no município: Caixa Rural de Guaratinguetá (cooperativa caixa do sistema Raiffeisen).

Agência ou filiais de bancos no município: Banco do Estado de São Paulo S.A., Banco Itajubá S.A., Banco Vale do Paraíba S.A., Banco Comercial do Estado de São Paulo S.A., Banco Moreira Sales.

Caixa Econômica Federal

Números de depositados: 6.055
Montante dos depositados: Cr$ 15.971.453,60.

Coletoria Estadual

Arrecadação em 1948: Cr$ 5.709.276,00

Coletoria Federal

Total de arrecadação do Imposto de renda: Cr$ 2.040.40,80
Idem de Selo de Educação e Saúde: Cr$ 128.826,00

Correios e Telégrafos

Classe da agência: 1ª
Montante da ultima arrecadação: Cr$ 304.040,10
Serviço de reembolso Postal: Tem.
Montante de arrecadação de taxas de Reembolso Postal: Cr$ 15.957,80

Estrada de Ferro

Estrada de ferro que servem o município: Estrada de ferro Central do Brasil.
Distância entre o município e a Capital: 206 quilômetros.
Tempo médio de viagem: trens de alta velocidade, 5 horas; Trens de pequena velocidade, 6 horas e 38 minutos.
Custo de passagens entre a capital e o município: Em trens de “alta velocidade”, Cr$88,00. Em trens de “pequena velocidade”, Cr$ 44,00.
Número de trens diários entre o município e a capital: 6

Estrada de Rodagem

Estradas estaduais que cortam o município: São Paulo ao Distrito Federal E Guaratinguetá a Cunha.
Distância entre o município e a capital: 209 quilômetros.
Tempo médio de viagem: 6 horas.
Estradas municipais que cortam o município: Perto de 20, num total de 250 quilômetros sendo algumas pedregulhadas.

Transportes rodoviários

Empresas de ônibus existentes: 2
Empresa de ônibus Pássaro Morron, servindo as linhas Guaratinguetá - Distrito Federal.
Empresa de ônibus Santa Teresinha, servindo a linha Guaratinguetá – Cunha.
Empresas de transporte de cargas existentes: 4
Expresso Patrício, Expresso Rio-Guará Ltda., Expresso Borlenghi e Expresso Vitória Ltda.

Aviação

Localização do campo de pouso: Situação no bairro do Pedregulho, dentro do perímetro suburbano da sede Municipal. Possui hangar, biruta, etc.
Números de pistas: 2
Capacidade das pistas e tipo: Uma com 700 metros e a outra com 1.400 metros. Tipo das pistas: ambas de terra “batida”.
A
ero clube: tem
Números de aviões de treinamento: 1 Piper coupe, 4 Paulistinhas e 1 HL-1.
Alunos inscritos: 16.
Pilotos já brevetados: 32

Orçamento Municipal

Orçamento municipal para 1949: Cr$ 4.800.000,00
Arrecadação em 1948: Cr$ 3.194.825,90
Despesa em 1948: Cr$ 387.194,60

Informações político – administrativas

Prefeito no ano de 1957 : Dr. André Broca Filho

Vereadores municipais: Paulo de Castro Viana, Francisco de Castro e Silva, Agenor Pires da Fonseca, Antônio Soares, Diomar Pereira da Rocha, Geraldo Cavalca, Benedito Alves de Oliveira, Paulo Monteiro, Paulo Geraldo Pinto, Antenor de Vasconcelos Cardoso, Justino Barbetta, João Galvão de França Rangel, Antônio Augusto de Carvalho Neto, Guilherme de Castro Barbosa, Andrelino da Silva Leite, Rogério Lacaz Filho e Ângelo Marcondes de Castro.

Realizações administrativas: Amplo trabalho de conservação e execução de calçamento, intensivos serviços de reconstrução das estradas municipais, com trabalhos de pedregulhamento, construção de pontes, completa reforma do Matadouro, instalando-se moderna balança de pesagem do gado, trabalhando de consolidação, reformas e melhorias da rede de água e esgoto, ajardinamento de novas praças e instalação do Horto Florestal Municipal, além de trabalhos de reflorestamento, reforço nos serviço e iluminação pública, perfeito serviço de limpeza pública, com uso de moderno caminhão de irrigação, ampliação e construção de nova pista no campo de pouso local, com a extensão de 1.400 metros, trabalhos relacionados com as comemorações do Centenário do Conselheiro Rodrigues Alves, manutenção e desenvolvimento das Escolas Municipais, contribuições para a Educação e a Cultura, etc.

Números de eleitores qualificados: 10.010.
Zona eleitoral: 48ª.
Seções eleitorais: 27.
Número de eleitores que compareceram ao último pleito: 8.483

Educação

Escolas secundárias: Colégio Estadual E Escola Normal Cons. Rod. Alves, Ginásio Nogueiras da Gama, Escola Técnica de Comércio Antônio Rodrigues Alves e Ginásio Nossa Senhora do Carmo. Matrícula geral nesses estabelecimentos: 1.066.

Escolas primárias: grupos escolares: 7; particulares: 6; números de alunos matriculados: 2.717.

Escolas urbanas: 9.

Escolas isoladas: estaduais: 19; municipais: 10; total de matriculados: 1.192.

Números de crianças em idade escolar afastadas das escolas: 291.

Alfabetização de adultos: números de curso: 10 matriculados: 247.

Associações culturais: Clube Filatélico de Guaratinguetá, Núcleo Municipal de A.B.D.E., casa de Cultura de Guaratinguetá, Associação dos ex-alunos da escola Normal, Clube de Sociologia Alberto Torres, Clube Lítero Social Rui Barbosa, Centro Estudantino de Guaratinguetá e Rotary Clube de Guaratinguetá.
Associações esportivas: Associação Esportiva de Guaratinguetá, Clube de Regatas Guaratinguetá e Tecy-Guará Futebol Clube.

Associações recreativas: Clube Literário e Recreativo Guaratinguetá e Centro Social de Guaratinguetá.

Associações profissionais: Associação Agro - Pecuária de Guaratinguetá, Sindicados dos Trabalhadores da Indústria de Fiação e Tecelagem de Guaratinguetá e Associação Comercial de Guaratinguetá.

Saúde

Hospitais existentes no município: 3; mantidos por instituições beneficentes.

Subvenções que recebem: municipal: Cr$26.000,00; Estadual Cr$ 16.500,00; federal Cr$ 115.995,60.

Berçários: Instituto de proteção à 1ª Infância e casa da criança de Guaratinguetá.

Serviço de Saúde: centro de Saúde e Dispensário de tuberculose.

Montante da arrecadação do selo de educação e saúde no último exercício: Cr$ 128.826,00

Verbas federais aplicadas nesse setor no último exercício: Cr$ 151.205,60.

Informações Urbanas

Números de prédios existentes: 3.479.

Edifícios públicos: Fórum, Escola Normal e COLÉGIO estadual, Edifício Urânio, Matriz de Santo Antônio, Prefeitura Municipal, instituto de Proteção à 1ª Infância, Santa Casa de Misericórdia, Hospital - Maternidade Frei Galvão, Maternidade e casa da Criança de Guaratinguetá, Igreja Nossa Senhora das Graças, Clube Literário Guaratinguetáense, Mercado Municipal, Associação agro – pecuária, Grupo escolar Dr. Flaminio Lessa, Centro de Saúde, Delegacia Regional do Ensino, dispensário de Tuberculose, Escola Prática de agricultura, Ginásio Nogueira da Gama, Ginásio Nossa Senhora do Carmo, Orfanato Puríssimo Coração de Maria Grupo escolar Embaixador Rodrigues Alves, Matriz do Puríssimo Coração de Maria.

Número de ruas: 95.

Números de praças: 15.

Atrações turísticas: Escola Prática de Agricultura, Matriz de Santo Antônio, Igreja de Nossa Senhora das Graças, propriedade rural denominada Fazendinha, onde nasceu o Conselheiro Francisco de Paula Rodrigues Alves.

Hotéis: Guará, Grande Hotel Royal, Central.

Imprensa: “Correio Paulista” fundado em 1914. Diretor: Carlos A. de Castro Viana. “O Eco”, fundado em 1927. “O Município”, fundado em 1948. Diretor: José M. G. Romeiro. “Infância”, fundado em 1948, sendo órgão dos alunos do grupo escolar Dr. Flamingo Lessa.

Rádio: Sociedade Rádio Clube de Guaratinguetá. Potência alimentadora da estação 750 watts; na antena, 3,4 watts.

Veículos licenciados: a motor: 398; tração animal: 691.

Serviços de bondes: Linha de bonde entre Guaratinguetá e Aparecida, numa extensão de 6 quilômetros.

Monumentos: Estátua do Conselheiro Rodrigues Alves, busto do Dr. Homero Ottoni, busto do Dr. Benedito Meireles, busto do Monsenhor João Filippo, busto do Comendador Rodrigues Alves, busto do Dr. Paulo de Lima Correia, marco de pedra no lugar onde nasceu o Conselheiro Rodrigues Alves.

Serviços públicos

Abastecimento de água: Serviço da Prefeitura Municipal, abastecendo 2.772 prédios.

Rede de esgoto: Serviço da Municipalidade, sendo de 2.514 o número de prédios esgotados pela rede.

Iluminação: Fornecida pela Cia. Luz e Força de Guaratinguetá, com 3.021 ligações.

Energia elétrica: Fornecida pela mesma companhia, obedecendo o preço do quilowatt a tabela especial.

Telefones: Serviço e cia. Telefônica Brasileira, ligado a 199 prédios.

Calçamento: possuiu a cidade acima de 99.000 metros quadrados de calçamento, em paralelepípedos e pedras irregulares.

Matadouro municipal: Reses abatidas em 1948: bovinos 4.182; suínos: 3.044.

Cemitérios: Cemitérios dos Passos e Cemitério Municipal, além de 4 outros localizados no meio rural.

Bibliotecas: Pública Municipal Pedro de Toledo, Colégio Estadual e Escola Normal Cons. Rodrigues Alves, Escola Prática de Agricultura, Ginásio N.S. do Carmo, Clube Literário e Recreativo Guaratinguetaense, Rio Branco, Infantil José Bonifácio, Grupo Escolar Flaminio Lessa, Grupo Escolar Embaixador Rodrigues Alves, Ordem Terceira de São Francisco, Delegacia Regional de Ensino, Centro Social de Guaratinguetá.

Informações religiosas

Organização da Igreja: Paróquias do Santo Antônio e do Puríssimo Coração de Maria.

Obras assistenciais mantidas pela Igreja Católica: Sociedade São Vicente de Paula, Orfanato Monsenhor João Filippo, orfanato Puríssimo Coração de Maria, Asilo de Mendicidade Santa Isabel, Vila São Vicente de Paula, Hospital Maternidade Frei Galvão, Instituto de Proteção à 1ª Infância.

Organização da Igreja Protestante: Igreja Evangélica Assembléia de Deus.

Organização dos Centros Espíritas: Centro Espírita Amor e Luz.

Obras assistenciais mantidas pelo Espiritismo: Maternidade e casa da criança de Guaratinguetá, Albergue Noturno do centro Espírita Amor e Luz, Ambulatório Homeopático.

Informações diversas

Médicos: Drs. Cirilo Dinamarco, Eurico Joppert de Freitas, Egidio Mollica, Raul Rodrigues Sette, Armando Alves Cavalheiro, Otávio Lima de Carvalho, Fernando do Amaral e Silva, Wilson Galvão de França, José Serafim, Pedro Paulo de França Bueno, Paulo Rangel de Araújo, Carlos Rebello Júnior, Clovis Hardman Cavalcanti de Albuquerque, José Nicolau Mileo, Luís Álvaro de Menezes, César Cortes Sigaud, Paulo Faro.

Engenheiros: Drs. Pedro Emílio Germano Sigaud, Luciano Feio de Magalhães Gomes, Ariberto Pereira Cunha, Adhemar Machado César, Valdemar Estêves de Magalhães, Celso Machado Brandão e José Teófilo de Avelar Marques.

Dentistas: Drs. Cornélio da Costa Neves, Geraldo Figueiredo, Maria da Glória Costa, José Carapina Junqueira, Ladislau Capistrano de Paiva, Rogério Lacaz Filho, Roque de Andrade Almada, Antonieta Máximo de Carvalho, Antônio R. Cunha, João Costa e Silva, Antônio Tolosa, Santina Gianico, Carmen Caltabiano, Laerte Cotrim, Benedicto de Castro, Urias Marcondes Neves, Alcebíades Freires, Ana Rosa Fernandes Marcondes, Hélio Pereira Cunha, Olívio Teixeira Carvalho, Rafael Improta.

Farmácias: N.S. Aparecida, Imaculada, Conceição, Popular, Normal, Coração de Jesus, São João, N.S. Auxiliadora, São José e da Santa Casa de Misericórdia.

Laboratórios e Análises: Dr. José Nicolau Miléo, Dispensário De tuberculose, Santa Casa de Misericórdia, Centro de Saúde.

Instalações de Raio X: Santa Casa de Misericórdia.

Cinemas: Cine Urânio, com capacidade para 1.797 pessoas. Cine teatro Central, comportando 1.112 pessoas. A Escola Prática de Agricultura também possui o seu cinema, para uso exclusivo do educandário.

Corporações musicais: Banda Beneficente e União dos Artistas.

Conjuntos Orquestrais: Jazz 7 Bemóis e O.K.

Grupo de amadores teatrais: Diversos.

Crônica | Histórico da comarca | Histórico da cidade | Ocelo clínico | Dados atuais | A cidade na década de 50