segunda-feira, 10 de maio de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Leilão anulado

TJ/DF invalida leilão de imóvel devido à falta de intimação pessoal do devedor

"A falta de comunicação do referido procedimento extrajudicial configura vício de forma, ocasionando sua nulidade", afirmou o relator do recurso.

terça-feira, 25 de agosto de 2020

A 4ª turma Cível do TJ/DF invalidou arrematação de imóvel em leilão extrajudicial e dos atos expropriatórios subsequentes, devido à comprovada falta de intimação pessoal do fiduciante devedor.

t

A decisão tem como base a lei 9.514/97, corroborada na jurisprudência consolidada dos tribunais e do STJ, que tem entendimento pacificado neste sentido.

Os apelantes alegaram que não foram intimados pessoalmente sobre a hora, o local e as demais condições do leilão extrajudicial, tendo tomado ciência por terceiros. Por isso, pediram pela nulidade da sentença.

O desembargador Arnoldo Camanho, relator do recurso, proferiu em seu voto:

"A falta de comunicação do referido procedimento extrajudicial configura vício de forma, ocasionando sua nulidade."

O relator afirmou ainda que "considerando que não foram oportunizados aos fiduciantes meios de contestar a arrematação do imóvel por terceiro, o leilão extrajudicial é inválido, sendo, por conseguinte, nula eventual arrematação".

O devedor foi defendido no processo pelo advogado Orlando Anzoategui Jr., da banca Anzoategui Advogados Associados.

Veja o acórdão.

_________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/8/2020 14:14

LEIA MAIS