Luis Henrique Borghi

Luis Henrique Borghi

Migalheiro desde janeiro/2021.
Graduado em Direito pela PUC/SP. Especialista em Processo Civil pela PUC/SP. Pós-graduado em Direito Empresarial pela FGV. Mestre em Direito pela University of Pennsylvania Law School - UPENN. Sócio do escritório Trench Rossi Watanabe.
MIGALHAS nº 5.013
Informativo Migalhas
7/1/2021

MIGALHAS nº 5.013

... 2017. Joaquim Tavares de Paiva Muniz, Marcio de Souza Polto e Luis Henrique Borghi (Trench Rossi Watanabe) observam o tema. (Clique aqui) Negociado x legislado Tramita perante o STF o ARE 1.121.633, que discute a flexibilização de direitos trabalhistas por meio de acordos e convenções coletivas. Victória Cardoso Ferreira (Silveiro Advogados) faz uma análise sob o prisma constitucional. (Clique aqui) ITBI Da banca Fernandes, Figueiredo, Françoso e Petros Advogados, os advogados Thais Folgosi Françoso e Felipe Galli dos Santos Panelli escrevem sobre recente posição do STF a respeito do ITBI. (Clique aqui) Ajuste...
MIGALHAS nº 4.148
Informativo Migalhas
7/7/2017

MIGALHAS nº 4.148

...comercial celebrado com empresa norte-americana. Os advogados Luis Henrique Borghi e Ricardo Quass Duarte, do escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogados, atuaram no caso pela empresa americana. (Clique aqui) Telefonia O juiz de Direito André Luís de Moraes Pinto, da 3ª vara Cível de Santa Cruz do Sul/RS, julgou improcedente ação declaratória de inexistência de débito, cumulada com repetição de indébito e indenização, ajuizada por um consumidor contra a Vivo. Ele alegava ter sido cobrado repetidas vezes por um serviço que não utilizou, contudo, para o magistrado, tal fato não...