sexta-feira, 30 de julho de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Previdência privada deve permitir que cliente faça aportes esporádicos
Liminar

Previdência privada deve permitir que cliente faça aportes esporádicos

Juiz destacou que possibilidade está prevista em contrato.

terça-feira, 25 de maio de 2021

O juiz de Direito Fausto Dalmaschio Ferreira, da 11ª vara Cível do Foro Regional II - Santo Amaro/SP deferiu liminar para permitir a um cliente de plano de previdência privada que realize aportes esporádicos, conforme previsto em contrato.

(Imagem: Freepik)

(Imagem: Freepik)

O autor é participante de plano de previdência privada administrado pela requerida, cujo contrato foi firmado na década de 90. Alega que, a despeito de cláusula contratual, que autoriza a realização de aportes esporádicos pelo consumidor e a majoração dos valores, a administradora teria proibido, de forma unilateral, tal operação. Aduz que a proibição lhe causa prejuízo, pois o impede de realizar aportes em momento em que o mercado se encontra favorável.

O juiz destacou que, de fato, o instrumento contratual juntado aos autos demonstra a plausibilidade do direito do autor. "Há risco de dano, com a perda da oportunidade de efetivar aportes em momento que considera ser favorável para o investimento, o que, em cognição sumária, é contratualmente garantido."

Concedeu, assim, pedido antecipatório, para determinar que o requerido possibilite ao autor que realize aportes esporádicos e aumente o valor de sua contribuição, no prazo de 5 dias, sob pena de multa diária de R$ 300,00.

O beneficiário é defendido por Vanessa Boulos e Augusto Leal, do escritório Rocha e Barcellos Advogados.

Veja a decisão.

_______________

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/5/2021 14:07