sábado, 19 de setembro de 2020

ISSN 1983-392X

Laura de Almeida Machado

Migalheira desde dezembro/2013.

Advogada da área de Contencioso Cível e Empresarial do escritório Chenut Oliveira Santiago Advogados.

Migalhas de peso

Efetividade da penhora de investimentos de renda fixa e variável pelo BACENJUD

Restará aos tribunais pátrios decidirem estas questões a fim de concederem a necessária efetividade às penhoras dos investimentos de renda fixa e variável, que possuem um enorme potencial, mas ainda tão pouco exploradas nas execuções. Leia

Laura de Almeida Machado

29/6/2018
Migalhas de peso

A Proibição dos comportamentos contraditórios

A coerência deve pautar as condutas das partes a fim de se evitar a violação da legítima expectativa, que fora criada justamente por conta de atitudes que foram tomadas ao longo da relação jurídica. Leia

Laura de Almeida Machado

8/5/2017
Migalhas de peso

Discussão acerca da cláusula de renovação automática em tempos de crise

Analisa-se como o Judiciário tem entendido a cláusula de renovação automática à luz dos princípios da autonomia da vontade, liberdade contratual e força obrigatória dos contratos. Leia

Paola Karina Ladeira Bernardes e Laura de Almeida Machado

27/6/2016
Migalhas de peso

Da penhora de quotas sociais e dissolução parcial da sociedade pelo ex-cônjuge ou ex-companheiro no novo CPC – Riscos às sociedades

A regulamentação dada pelo novo CPC à penhora de quotas foi ainda superficial, sem resolver por completo as controversas existentes quanto ao tema. Leia

Laura de Almeida Machado

25/6/2015
Migalhas de peso

Validade de obrigações estipuladas em moeda estrangeira

Muito embora seja juridicamente possível a utilização de índices estrangeiros, há o risco de serem considerados abusivos. Leia

Laura de Almeida Machado

10/12/2013
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 4.387

...Advogados). (Clique aqui) Investimentos de renda fixa Advogada Laura de Almeida Machado (Chenut Oliveira Santiago Advogados) aborda a efetividade da penhora de investimentos de renda fixa e variável pelo sistema BACENJUD. (Clique aqui) Justiça moderna Do escritório Coelho & Dalle Advogados, Rafael Collachio de Almeida traz reflexões sobre a modernização e o uso da tecnologia no Judiciário. (Clique aqui) Fake news Os advogados Luis Carlos Dias Torres e Paulo Tiago Sulino Muliterno, do escritório Torres|Falavigna Advogados, falam sobre a criminalização da fake news em... Leia

29/6/2018
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 4.106

...corporativo". (Clique aqui) Comportamentos contraditórios A advogada Laura de Almeida Machado, do escritório Chenut Oliveira Santiago Sociedade de Advogados, trata da proibição dos comportamentos contraditórios, também conhecido como venire contra factum proprium. (Clique aqui) A ética e a lei "Enquanto a ética vem de uma consolidação firmada ao longo do tempo, sem qualquer normatização a respeito e sim por meio da propagação espontânea; a lei é resultado de uma avaliação política e social, tendo como critério os interesses atuais e concretos da comunidade a que serve", reflete o... Leia

8/5/2017
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 3.891

...crise econômica, as advogadas Paola Karina Ladeira Bernardes e Laura de Almeida Machado, do escritório Chenut Oliveira Santiago Sociedade de Advogados, analisam a cláusula de renovação automática do contrato com prazo de aviso prévio, e como o Judiciário a tem entendido. (Clique aqui) Novo CPC - Guarda de documentos O CPC trouxe inúmeras novidades para as empresas, uma dessas, relacionada ao terreno das provas. Por isso, o advogado Vitor Lia de Paula Ramos, do escritório Silveiro Advogados, alerta as empresas quanto à necessidade de conferir mais atenção à guarda de documentos.... Leia

27/6/2016
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 3.643

...sociedades A partir das alterações previstas no novo CPC, a advogada Laura de Almeida Machado, de Chenut Oliveira Santiago Sociedade de Advogados, trata da penhora de quotas sociais e dissolução parcial da sociedade pelo ex-cônjuge ou ex-companheiro. (Clique aqui) CVM - Instrução 564 Por meio da instrução 564, a CVM adiou o prazo para alteração das regras de fundos de investimento. Sobre o assunto, veja as considerações da advogada Fernanda Amaral, de Felsberg Advogados. (Clique aqui) _____________ Migalhas mundo Inocente Prefeitura de New York vai indenizar em US$ 6 mi... Leia

25/6/2015
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 3.266

MIGALHAS nº 3.266 Leia

10/12/2013

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram