MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. Na Alemanha, queda em home office configura acidente de trabalho
Internacional | Trabalho

Na Alemanha, queda em home office configura acidente de trabalho

No caso em questão, um trabalhador fraturou uma vértebra ao cair de uma escada.

Da Redação

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Atualizado às 14:41

Imagine a seguinte situação, migalheiro: você é funcionário de uma empresa que está atuando em home office. Ao acordar pela manhã e se dirigir ao seu local trabalho, no porão de casa, cai de uma escada e quebra uma vértebra. Isso pode configurar acidente de trabalho? Na Alemanha, sim. Entenda melhor a seguir.

 (Imagem: Freepik)

Na Alemanha, queda em home office configura acidente de trabalho.(Imagem: Freepik)

Conforme noticiamos no dia 14/12, na coluna German Report, de Karina Nunes Fritz, o funcionário de uma sociedade de responsabilidade limitada (GmbH), gerente de uma região de vendas da empresa, acordou pela manhã e, ao descer as escadas em direção ao porão, onde fica seu home office, escorregou e quebrou uma vértebra torácica.

Ele pleiteou o reconhecimento do sinistro como acidente de trabalho, mas o pedido foi negado em instâncias inferiores e atendido somente ao chegar no Tribunal Social Federal da Alemanha.

A fim de comprovar que estava a caminho do trabalho no momento do acidente, o trabalhador alegou que a escada na qual se acidentara só conduz ao home office, uma vez que todos os demais cômodos da casa ficam em um mesmo andar.

O argumento foi acolhido pelo Tribunal, que assinalou que o funcionário demonstrou que a escada só era utilizada para chegar ao home office, o que reforça a afirmação de que ele, embora sem sair de casa, efetivamente se acidentou "a caminho" do trabalho.

  • Clique aqui para ler a íntegra da coluna.

Patrocínio

Patrocínio Migalhas