quarta-feira, 27 de outubro de 2021

AUTOR MIGALHAS

  1. Home >
  2. Autor >
  3. Fernanda Yumi Nakada
result.title

Fernanda Yumi Nakada

https://www.migalhas.com.br/autor/fernanda-yumi-nakada
Migalheira desde fevereiro/2021.

Associada no escritório Loeser Hadad Advogados.

Migalhas de peso Lei 14.195/21 - Desburocratização empresarial
segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Lei 14.195/21 - Desburocratização empresarial

A lei do ambiente de negócios teve como principal objetivo desburocratizar processos, aumentar a competitividade e a modernização de negócios no Brasil.
Migalhas de peso Lei 14.195/21 - Facilitação para abertura de empresas
quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Lei 14.195/21 - Facilitação para abertura de empresas

Os empresários e pessoas jurídicas poderão se utilizar das certidões dos atos de constituição e de alteração fornecidas pelas Juntas Comerciais para a transferência, no registro público competente, dos bens que tiverem contribuído para a formação ou para o aumento do capital.
Migalhas de peso Lei do Ambiente de Negócios: novas regras para as sociedades anônimas
terça-feira, 5 de outubro de 2021

Lei do Ambiente de Negócios: novas regras para as sociedades anônimas

A lei do Ambiente de Negócios expressamente permitiu a não inclusão do objeto social na denominação social de sociedades anônimas (de capital aberto ou fechado).
Migalhas de peso Lei 14.195/21 - Lei do ambiente de negócios - Voto plural
segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Lei 14.195/21 - Lei do ambiente de negócios - Voto plural

O voto plural não poderá ser adotado por empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias e sociedades controladas direta ou indiretamente pelo poder público.
Migalhas de peso Eirelis são extintas e serão transformadas automaticamente em limitadas
quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Eirelis são extintas e serão transformadas automaticamente em limitadas

As EIRELIs deixaram de ser um veículo atrativo para constituição de negócios, tendo em vista que, para tanto, se exigia a integralização de um capital social de, no mínimo, 100 vezes o maior salário mínimo vigente no país.