sexta-feira, 19 de abril de 2024

  1. Home >
  2. Parceiro
27.jan.2023

Refletir e agir, missão do IBCCrim

Presidente, 1ª e 2º vice-presidente do instituto afirmam que ainda há muito trabalho pela frente, por muitos e muitos anos.

 (Imagem: Arte Migalhas)
2.jan.2023

A contribuição do IBCCRIM para a formação acadêmica e profissional a partir da iniciação científica

A formação durante a graduação, que é o primeiro passo para a formação acadêmica e profissional, é tão cara ao IBCCRIM e, por consequência, é um público que recebe toda a dedicação do Laboratório de Ciências Criminais promovido pelo Instituto.

 (Imagem: Arte Migalhas)
27.dez.2022

A estrada e o sonho do IBCCRIM

Marina Coelho Araújo faz um resumo da sua gestão na presidência do Instituto e renova a esperança de que novas gerações também entrem no mesmo sonho que originou a instituição.

 (Imagem: Arte Migalhas)
19.dez.2022

Ano novo, um novo olhar para a Justiça Criminal

A forma como aprendemos a lidar com os nossos conflitos, registrando boletins de ocorrência, ajuizando ações, aguardando sentenças, aprisionando as pessoas, precisa ser revista.

 (Imagem: Arte Migalhas)
14.nov.2022

O IBCCRIM e sua função de amicus curiae: uma voz firme na defesa dos direitos fundamentais e humanos

Sempre orientado por sua missão institucional de defender a democracia, as garantias fundamentais e os direitos humanos, o IBCCRIM participa das discussões penais travadas no STF por meio da intervenção, como amicus curiae, nas ações que chegam à Corte, apresentando memoriais e pareceres, realizando sustentação oral, e participando de audiências públicas.

 (Imagem: Arte Migalhas)
13.out.2022

As viagens do IBCCRIM

Congressos são momentos únicos de encontros de pessoas e de ideias sobre reflexões instigantes acerca de temas que vão muito além dos nossos interesses primeiros ou objeto de pesquisa. A própria etimologia da palavra indica que caminhamos junto com os expositores em suas pesquisas, meditações, inquietações e apresentações, quando frequentamos um congresso.

 (Imagem: Arte Migalhas)
6.out.2022

Para mudar o mundo

É preciso aprender a se comunicar com sociedade. É preciso deixar de falar para nós mesmos. É preciso abrir as portas da academia e receber os problemas reais do mundo em que vivemos. É preciso firmeza e solidez em relação ao pensamento racional e científico. E é preciso, acima de tudo, coragem. Pois só o amor e a coragem podem mudar nossa concepção de mundo.