segunda-feira, 29 de novembro de 2021

INFORMATIVO

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Amanhecidas >
  3. MIGALHAS nº 5.223

MIGALHAS nº 5.223

Segunda-Feira, 8 de novembro de 2021 - Migalhas nº 5.223.
Fechamento às 09h33.


"Princípios não morrem; os partidos que o esquecem expiram no lodo e na ignomínia."

Machado de Assis

Fulminando o orçamento secreto

Desde que se descobriu o chamado orçamento secreto, estratagema criado no Congresso, sob conivência do Executivo, para azeitar a base parlamentar, ficou nítido que estávamos diante de um repaginado mensalão, o qual, como se sabe, transformou-se depois no petrolão.

Mas havia algumas diferenças no novel expediente.

Primeiro, que a torneira fica direto com os parlamentares. Ou seja, eles próprios põem a boca e abrem o registro. Quanto mais engolir, melhor...

Segundo, que o Executivo, por incrível que pareça, assiste a tudo deixando a água correr à vontade, desde que os sedentos parlamentares, saciados, votem sim. Assim fazendo, o Executivo se acha isento de qualquer culpa, pois não seria dele a responsabilidade. Ledo engano.

Mas há um terceiro dado, que diferencia o modus operandi de agora: o Judiciário tem meios de frear imediatamente essa balburdia com dinheiro público. E como? Por meio de ações que estão sob a tutela da ministra Rosa.

Na última sexta-feira, a ministra Rosa, que merece encômios da sociedade brasileira, não faltou ao mister para o qual foi investida. S. Exa. ordenou a suspensão integral e imediata da execução dos recursos oriundos das chamadas "emendas do relator", o chamado orçamento secreto, até que seja julgado o mérito das ações que questionam esse nefasto mecanismo.

A ministra Rosa determinou, ainda, que sejam tornados públicos os documentos que embasaram a distribuição de recursos provenientes dessas emendas (identificadas pela rubrica RP 9) nos orçamentos de 2020 e deste ano.

A publicidade dos gastos com o dinheiro público, que seria lógica, obrigatória e constitucional, agora tem que ser determinada judicialmente.

Onde foi que perdemos a noção das coisas?

(Clique aqui)

Sessão extraordinária

Nos dias 9 e 10, em sessão virtual extraordinária, os ministros do STF decidirão se referendam, ou não, a liminar proferida por Rosa Weber envolvendo o orçamento secreto. (Clique aqui)

Placar?

Basta ler o voto da ministra Rosa para perceber que certamente todos irão, em uníssono, concordar com o brilhante voto de S. Exa..

Sonhar

A nota anterior é o sonho. E é ele, como dizia nosso mestre Goffredo da Silva Telles Jr., que nos mostra o caminho. Todavia, como é bem de ver, os jornais afirmam que o placar é apertado, sem ainda se ter notícia firme de qual lado será o ganhador: o da ampla publicidade nos gastos públicos (como manda o livrinho), ou da gastança esconsa com o dinheiro dos contribuintes. Quem viver, verá.

Placar: Orçamento secreto em troca de apoio parlamentar

Alexandre  
Barroso  
Cármen  
Fachin  
Fux  
Gilmar  
Lewandowski  
Nunes  
Rosa

Não aceito

Toffoli  

Cotejo

Estamos diante de um dos mais vultosos escândalos da história brasileira. Quando vier à tona o que já foi feito nos últimos tempos, ninguém duvide, vamos achar que mensalão era coisa do jardim de infância.

Esmigalhando o orçamento secreto

Em agosto, este nosso atento rotativo preparou uma matéria especial que esmigalhava o tal do orçamento secreto. Entenda como tudo nasceu, clicando aqui.

Pingos no is

O Executivo maneja o orçamento com regras. Há, evidentemente, discricionariedade. E todos sabem que, no modelo de governo pátrio, o apoio parlamentar depende do arranjo orçamentário. Até aí, jogo jogado. O que não se pode é fazer isso por baixo dos panos, sem que sociedade possa entender quais são os critérios. E mais, esse manejo com o dinheiro público foi dado, por mandato, para o presidente da República. Não para os próprios parlamentares. Ou seja, não se pode terceirizar essa função.

PEC dos Precatórios

Ontem, a ministra Rosa Weber determinou um prazo de 24h para que a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados e o presidente da Casa, Arthur Lira, manifestem-se em MS protocolado por Rodrigo Maia que questiona a PEC dos Precatórios. O ex-presidente da Câmara afirma que há "vícios" na tramitação da matéria. (Clique aqui)

PEC dos Precatórios - II

Grupo de deputados de cinco partidos também acionou o STF para pedir a suspensão da tramitação da PEC dos Precatórios. (Clique aqui)


Eventos Migalhas


Medidas coercitivas

São válidas medidas coercitivas, tais como apreensão de CNH e passaporte, para assegurar cumprimento de ordem judicial? O STF poderá dar resposta a essa importante questão nesta semana. Entenda. (Clique aqui)

Medidas coercitivas - II

Professor de Direito Processual Civil, Elias Marques de Medeiros Neto esmiúça o dispositivo atacado (art. 139, IV, do CPC/15). O especialista destaca que é primeira vez que o Código se preocupa literalmente, em normas fundamentais, com a satisfação do crédito do credor, na execução, em tempo razoável. (Clique aqui)

Tudo que é meu, é seu

Para a 3ª turma do STJ, regime de bens imposto pelo CC/16 pode ser alterado após o fim da incapacidade civil de um dos cônjuges. Com base nesse entendimento, o colegiado deu provimento ao recurso especial interposto por um casal que buscou modificar o atual regime do casamento para o de comunhão universal de bens. Eles se casaram em 1990, quando a esposa tinha 15 anos de idade, o que impôs o regime da separação obrigatória, por expressa determinação legal vigente na época. (Clique aqui)

Cobertura de seguro - Invalidez

A 2ª seção do STJ, sob a sistemática dos recursos repetitivos, definiu que não é abusiva a cláusula de contrato de seguro de vida que prevê cobertura para invalidez permanente por doença apenas na hipótese de perda total da autonomia do segurado. O entendimento reafirmou diversos precedentes, tanto da 3ª quanto da 4ª turma. Veja a tese fixada. (Clique aqui)

Demissão de não vacinados na mira do STF

O PSB ajuizou ação, no STF, contra dispositivos da portaria 620/21 que proíbem as empresas de demitir por justa causa empregados que não apresentarem certificado de vacinação. O partido argumenta que, embora a dispensa por justa causa seja medida drástica em relação ao trabalhador que se recusa a vacinar, a decisão é adequada para proteger os demais empregados. O escritório Carneiros e Dipp Advogados atua no caso. (Clique aqui)

Covid-19 - Justa causa

Estar de atestado médico por suspeita de covid-19 e permanecer comparecendo ao local de trabalho é fato grave passível de ser punido com dispensa pelo empregador. Com esse entendimento, a 2ª turma do TRT da 23ª região manteve a justa causa aplicada por frigorífico a uma auxiliar de serviços gerais. (Clique aqui)

Tabela price

A juíza de Direito Marivone Koncikoski Abreu, da 1ª vara Cível de São José/SC, afastou a aplicação da tabela price em contrato de compra e venda de imóvel entre a autora da ação e uma incorporadora e determinou que os juros remuneratórios limitem-se em 1% ao mês sobre todas as parcelas pagas. A banca MSA Advogados e Partners patrocina a causa. (Clique aqui)

Home care

Em liminar, o juiz de Direito Luís Antonio Nocito Echevarria, da 9ª vara da Fazenda Pública de SP, determinou que o Estado forneça home care a mulher com esclerose lateral amiotrófica, 24 horas por dia, de forma ininterrupta, até quando for necessário. Magistrado considerou, em sua decisão, que o estado de saúde da autora é grave. (Clique aqui)

Medicina

A juíza de Direito Luciane Buriasco Isquerdo, de Campo Grande/MS, determinou que uma universidade promova a colação de grau antecipada de um estudante de medicina para que ele possa tomar posse de cargo público de médico da família. A magistrada apreciou demanda do escritório Kairo Rodrigues Advocacia Especializada. (Clique aqui)

Migas

1 - TJ/SP - Mulher que recebeu diagnóstico errado de DST será indenizada. (Clique aqui)

2 - TRT da 3ª região - Gorjetas pagas a garçons podem ser incorporadas ao salário. (Clique aqui)

3 - SP - Cia aérea deve restituir valor de voucher de passagem cancelada. (Clique aqui)

4 - SC - Construtora que usou pandemia para justificar atraso é condenada. (Clique aqui)

5 - Câmara - CCJ aprova proposta que prevê possibilidade de testamentos digitais. (Clique aqui)

Programe-se

Anote na agenda os eventos promovidos por Migalhas essa semana e inscreva-se! Amanhã, das 9 às 11h30, acontece o seminário que vai abordar "Acordos de Não Persecução Cível e a nova Lei de Improbidade Administrativa" e no dia 10/11, das 9 às 12h30, o debate é sobre "ESG e Compliance: Novas Regras para o Sistema Financeiro Nacional". (Clique aqui)


  • Colunas

Tendências do Processo Civil

Que matérias podem ser trazidas como defesa na produção antecipada de provas? Em seu mais novo texto, Andre Roque e Luccas Goldfarb Cobbett discutem a interpretação conforme a Constituição do art. 382, §4º, do CPC, sustentando que, apesar de a literalidade do dispositivo prever que não cabe defesa nem recurso na produção antecipada de provas, ainda é possível às partes discutir questões relativas à sua admissibilidade. (Clique aqui)

Migalhas Contratuais

O setor de seguros privados no Brasil vive importantes mudanças que precisam ser conhecidas e estudadas. Veja as análises de Angélica L. Carlini. (Clique aqui)

Direito Privado no Common Law

Super-ricos americanos decidem não deixar suas fortunas para seus filhos. Este é o tema abordado na coluna de hoje pelo coordenador Daniel Dias. (Clique aqui)

Olhares Interseccionais

Recentemente, dois homens foram denunciados pelo Ministério Público, que sustentou a hipótese de que eles praticaram o crime de furto ao roubarem alimentos vencidos que estavam em local onde seriam triturados e descartados. Sobre o caso, segundo Camila Garcez, não há reforma de Código de Processo Penal que constranja o MP a assumir a sua identidade constitucional; é o caso de uma instituição que faz o que quer quando deveria obedecer à normatividade constitucional. (Clique aqui)

Leitura Legal

Um fato ocorrido em hospital do interior de SP chamou a atenção da comunidade médica a respeito da decisão proferida pela Justiça em caso de autoaborto. Conheça o caso e entenda com o promotor de Justiça aposentado Eudes Quintino de Oliveira Júnior a importância do sigilo médico. (Clique aqui)

Direitos Humanos importam

Em 1999 começou a ser formado o lago da Usina de Manso, no Mato Grosso. A elevação do nível da água forçou o deslocamento de quem habitava a região, mas apenas algumas dessas pessoas receberam indenização pelo prejuízo que suportaram. A partir do fato, Antonio de Maia e Pádua fala dos direitos humanos e a uniformização de jurisprudência. (Clique aqui)


Apoiadores

Clique aqui para conhecer os festejados escritórios de advocacia e departamentos jurídicos que são Apoiadores de nosso poderoso rotativo Migalhas

Ayres Britto Consultoria Jurídica e Advocacia Ayres Britto Consultoria Jurídica e Advocacia
Ayres Ribeiro Advogados Ayres Britto Consultoria Jurídica e Advocacia
Badaró Almeida & Advogados Associados Bambirra, Merola e Andrade Advogados

Autor Vip Migalhas

Se já era bom ser migalheiro, agora ficou ainda melhor. Você já conhece a seção Autor Vip Migalhas? Agora você pode ter seu perfil de autor em posição de destaque no maior portal jurídico do país. Clique aqui e confira mais detalhes.


  • Migalhas de peso

Cyberespaço

O nomadismo digital, o teletrabalho transnacional e o trabalho disruptivo, dentre outros, têm obrigado o operador do Direito a pensar problemas jurídicos não mais numa equação minimalista, mas na perspectiva da jurisdição do cyberespaço. Quem trata disso é Rafaela Fonseca (BMA - Barbosa, Müssnich, Aragão). (Clique aqui)

Fiscalização - Proteção de dados

No último dia 28, a ANPD aprovou o Regulamento do Processo de Fiscalização e do Processo Administrativo Sancionador. Danilo Roque e Maria Fernanda Girard (FAS Advogados - Focaccia, Amaral e Lamonica Advogados) explicam melhor. (Clique aqui)

Tutela provisória

Luiz Fernando Valladão Nogueira (Valladão Sociedade de Advogados) avalia a súmula 735 do STF e sua aplicação pelo STJ aos recursos que versam sobre tutelas provisórias. (Clique aqui)

Penitenciário

O comando contido na portaria no ministério da Justiça que determina o corte de cabelo e barba dos custodiados em penitenciárias federais é completamente insustentável no âmbito do Direito brasileiro. É o que mostra Paloma Gurgel de Oliveira Cerqueira Bandeira (Paloma Gurgel Sociedade Individual de Advocacia). (Clique aqui)

Direito à memória

Recentemente, a 10ª câmara de Direito Privado do TJ/SP determinou ao Facebook restaurar os perfis de uma usuária, os quais foram "invadidos" e alterados por terceiros, após seu falecimento. Camila Melo (Escritório Professor René Dotti) fala da decisão. (Clique aqui)

Quem viver, verá

Haroldo Malheiros Duclerc Verçosa, do escritório Duclerc Verçosa Advogados Associados, faz uma análise de obras literárias clássicas que, em sua opinião, merecem ser lembradas para enriquecer os leitores. Para ler sobre a desditosa rainha Dido e os troianos modernos, clique aqui.

Modernização

A atualização do processamento de recuperações judiciais e falências tem sido ponto de atenção do CNJ. Ana Luzia Ferreira, da banca CMMM - Carmona Maya, Martins e Medeiros Advogados, discorre sobre o tema. (Clique aqui)


Apoiadores

Clique aqui para conhecer os festejados Apoiadores de Migalhas

Ayres Ribeiro Advogados Barcellos Tucunduva Advogados
Barcelos Alarcon Advogados Barioni e Carvalho - Advogados
Barral, Parente e Pinheiro Advogados Barreto Dolabella - Advogados

Debate - Eleições OAB/SP - 10/11

Migalhas, em parceria com o MDA - Movimento de Defesa da Advocacia, realiza, no próximo dia 10, das 10 às 12h, debate com candidatos à presidência da OAB/SP. O evento será transmitido online pela TV Migalhas (clique aqui) e pela UOL (clique aqui). Participarão do debate os candidatos Alfredo Scaff Filho, Caio Augusto Silva dos Santos, Dora Marzo Cavalcanti Cordani, Maria Patricia Vanzolini Figueiredo e Mario de Oliveira Filho. (Clique aqui)

Direito Municipal

O escritório Cunha Pereira e Massara - Advogados Associados oferece, a partir de agora, serviços na área do Direito Municipal, em todo o Estado de MG. (Clique aqui)

Novembro azul

Na próxima quinzena a iluminação da fachada de Jacó Coelho Advogados estará na cor azul para apoiar o movimento "Novembro Azul", que busca motivar os homens a cuidarem da sua saúde, dando ênfase a prevenção do câncer de próstata. (Clique aqui)

Baú migalheiro

Há 126 anos, em 8 de novembro de 1895, o cientista Wilhelm Conrad Röntgen descobriu em seu laboratório um novo tipo de radiação que nomeou de Raios X. Uma descoberta que revolucionou a ciência. Reitor da Universidade Wurzburg, na Alemanha, Wilhelm fazia experimentos no laboratório de sua casa quando chegava do trabalho. Quando percebeu que os raios que atravessavam objetos deixavam impressões em chapas fotográficas, o alemão pensou erradamente que eles não tinham nada a ver com a luz. Por isso foram chamados de um tipo "x" de raios. O alemão recebeu seu primeiro Nobel de Física em 1901. (Compartilhe)


Sorteio

A obra "Ciências Criminais em Tópicos Especiais" (Letras Jurídicas - 417p.), organizada por Gleison dos Santos Soares, foi fruto da confluência do pensamento científico criminal no âmbito brasileiro e latino-americano, contando com diversos pesquisadores que se dedicaram a identificar os problemas hodiernos, investigando suas causas e apresentando horizontes viáveis por onde a ciência penal deverá seguir caminhando. Participe do sorteio! (Clique aqui)

Novidades

Já conhece a nova modalidade de usucapião? Confira o lançamento da Editora Mizuno "Usucapião Familiar Pro Morare", de Josiane Araújo Gomes, e fique por dentro do assunto. (Clique aqui)

Coordenada por Cassio Nogueira Garcia Mosse, a obra "Social Media Law", da Thomson Reuters - Revista dos Tribunais, explora os aspectos jurídicos das redes sociais e desmistifica o Direito nestas mídias digitais. Confira! (Clique aqui)

Migalhíssimas

Hoje, às 16h30, Ademir Pereira Jr., sócio de Advocacia José Del Chiaro, irá moderar debate "Concorrência e sistema de pagamentos", durante o "27º Seminário Internacional de Defesa da Concorrência do IBRAC". Participam da mesa Carlos Ragazzo, J.C. Bernardo (Lefosse Advogados), Carol Conway (UOL/PagSeguro) e o Sergio Ravagnani, Conselheiro do CADE. (Clique aqui)

Leonardo Santos Martins, sócio do escritório João Bosco Filho Advogados, apresenta hoje, às 18h, "Propaganda eleitoral na internet" durante a "Semana Jurídica 2021.2" da Estácio. O evento acontece até sexta-feira. (Clique aqui)

A importância de os instrumentos de transparência pública e comunicação de interesse público se adaptarem à era digital, especialmente diante do domínio das redes sociais, estará em debate no webinar "Transparência e comunicação de interesse público na Era das Redes Sociais", que acontece hoje, às 19h. O evento, organizado pelo Núcleo de Estudos da Transparência Administrativa e da Comunicação de Interesse Público, do Departamento de Direito do Estado da Faculdade de Direito da USP, terá como convidado João Roberto Vieira da Costa (Bob Vieira da Costa), sócio-fundador e presidente da agência Nova/SB. Na condução dos debates estarão os professores Marcos Augusto Perez (Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados) e Rodrigo Pagani, ambos de Direito Administrativo da SanFran. (Clique aqui)

"O problema metodológico da realização do Direito" será o tema da palestra que o advogado Luiz Dilermando de Castello Cruz, membro da Comissão de Filosofia do Direito do IAB, fará hoje, às 16h, no canal TVIAB no YouTube. (Clique aqui)

No dia 11/11, Vladmir Oliveira da Silveira, sócio do escritório Advocacia Ubirajara Silveira, participará do "XVIII Congresso Internacional de Direitos Humanos (CIDH)", junto com Luciani Coimbra, Gina Vidal Marcílio Pompeu e María Méndez Rocasolano para falar sobre o tema "A agenda 2030: Interdependência dos ODS e dos DESCA". (Clique aqui)

Membro do IAB, o advogado e professor Humberto Theodoro Junior tomou posse como integrante da Academia Brasileira de Letras Jurídicas na última quinta-feira. (Clique aqui)

Dia 28/10, o advogado Hendrick Pinheiro (Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados) foi um dos palestrantes do evento da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da OAB/SP "Financiamento e políticas públicas para infância e adolescência".

A Revista Síntese - Direito Imobiliário traz em sua última edição o artigo "Mediação e Arbitragem - Meios de solução de conflitos nas operações de permuta para empreendimentos imobiliários", assinado por Remo Battaglia, sócio de Battaglia & Pedrosa Advogados.

Henrique Mourão Advocacia foi reconhecido pela nova edição do guia "Latin America do The Legal 500" entre os principais escritórios de Belo Horizonte na área de Solução de Disputas. Além disso, a sócia Juliana Safar Teixeira Castanheira foi destacada como "Next Generation Partner". A publicação fez menção especial também à prática regional do escritório em Direito Empresarial e Comercial e à área de solução de disputas em Brasília, destacando a atuação da sócia Janaína Carvalho nos Tribunais Superiores.

No ano em que completa 60 anos, o Escritório Professor René Dotti acaba de ser reconhecido pelo "Great Place to Work" como uma das melhores empresas do Paraná para se trabalhar. Os rankings GPTW indicam os ambientes de trabalho que são destaque em seus Estados. As empresas que postulam um lugar no ranking passam primeiro por um processo de consultoria, chamado de Jornada, na qual são realizadas pesquisas com os funcionários. As organizações que têm pelo menos 70% de respostas positivas de seus colaboradores em relação a ser um ótimo ambiente de trabalho são contempladas pelo certificado Great Place to Work, com validade de um ano. A certificação GPTW é necessária para concorrer aos rankings Great Place to Work. No Paraná, 100 empresas foram agraciadas com o título. "Esse selo simboliza o respeito que a Dotti Advogados sempre teve pelas pessoas, sejam elas autoridades, clientes ou colaboradores. Ter consideração e respeito pelos outros é algo inerente ao nosso trabalho", afirma a sócia Rogéria Dotti, reverberando o legado do fundador do escritório, René Ariel Dotti.

Mediação e arbitragem

A CAMES realiza amanhã e quarta-feira, a partir das 14h, o "II Simpósio Cames de Mediação e Arbitragem". O evento, online e gratuito, debaterá temas atuais e relevantes da Arbitragem, Mediação e Dispute Board. Confira a programação! (Clique aqui)

Live

Thomson Reuters Brasil realiza dia 10/11, às 17h, a live "Direito dos Estrangeiros no Brasil". Participe! (Clique aqui)

Direito do Trabalho

"Principais Súmulas e OJ'S do TST Sobre Recursos" é o tema do curso online promovido pela AASP, de 22 a 24/11, às 19h, que tem como objetivo fazer uma análise crítica e profunda do entendimento do TST sobre recursos no processo do trabalho. Concorra a uma vaga-cortesia. (Clique aqui)

Direito e prática empresarial

CEU Law School promove a pós-graduação lato sensu "LL.M. em Direito e Prática Empresarial". No formato blended e com início para abril de 2022, a pós acontece semanalmente, às segundas e terças-feiras, das 9 às 12h45, com duração de nove meses. (Clique aqui)

Pós-graduação

A FGV Direito SP (FGV LAW) abriu as inscrições para os cursos de pós-graduação lato sensu e de curta duração com início no primeiro semestre de 2022. Os cursos de pós-graduação têm duração de três semestres e há opções entre 15 áreas do Direito, como a pós-graduação em "Direito do Trabalho". O curso promove a interface do Direito do Trabalho com outras áreas jurídicas, como o Direito Societário, Tributário e Previdenciário. (Clique aqui)

Parceria

A Verifact amplia a parceria com órgãos públicos ao firmar um termo de cooperação técnica com o Ministério Público da Paraíba. A partir de agora o MP/PB passa a utilizar a plataforma de coleta e preservação de provas digitais da Verifact para registrar conteúdos da internet em investigações. (Clique aqui)

RadarCONSULTORIA

O dia a dia no escritório ou departamento jurídico envolve diversas atividades que vão além da jurídica, tais como administração, comunicação, recursos humanos, relacionamento com o cliente, vendas, entre outras. Para o bom andamento dos trabalhos é importante garantir que todas essas tarefas estejam sendo bem executadas. A Radar - Gestão para Advogados dispõe de soluções em consultoria para todas as áreas do seu escritório ou departamento jurídico. Entre em contato com a Juliane
(WhatsApp (41) 98790-7550), gestora da Radar.

Brinde

Sorteio de obra: A obra "O Novo Marketing Jurídico" (Letras Jurídicas - 156p.), de Alexandre Motta, vai para Walter Valério, advogado em São Benedito das Areias/SP. (Clique aqui)


Fomentadores

Clique aqui para conhecer todos os Fomentadores do Migalhas

ASPI - Associação Paulista da Propriedade Intelectual Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas - ABRAT
Associação dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais do Estado do Rio Grande do Norte (ASSOJAF/RN BMS Projetos & Consultoria

Mural Migalhas - Oportunidade de trabalho

Sempre que se busca uma cidade no site Migalhas, procurando-se um correspondente jurídico, e não se encontra, o sistema nos avisa e, ah, nasce uma oportunidade. Ei-la abaixo, atualizada diariamente: é o rol de cidades nas quais há emergente necessidade de um profissional, mas não há, ainda, nenhum migalheiro cadastrado:

MG/Ubaí
PE/Aliança
PR/Matinhos
SC/Porto Belo

Se você quer se candidatar para eventualmente atender quem procura, clique aqui.


Migalhas Clipping

CartaCapital
"A ameaça maior"

IstoÉ Dinheiro
"A fórmula da Pfizer para o Brasil"

Veja
"Um salto quântico"

IstoÉ
"O mundo cobra Bolsonaro"

The New York Times - EUA
"Retailers Raising Game In The Race For Holiday Help"

The Washington Post - EUA
"Climate talks get down to details"

Le Monde - França
"Comment réguler Facebook et les réseaux sociaux"

Corriere Della Sera - Itália
"Quarta ondata, nuove misure"

Le Figaro - França
"Pourquoi l'Éducation nationale peine à recruter"

Clarín - Argentina
"Encuentran mensajes claves en la causa de los Cuadernos de la Corrupción"

El País - Espanha
"El Gobierno pone fin a la 'ley mordaza' con 10 grandes cambios"

Público - Portugal
"Em cinco anos houve 3000 queixas, mas refeições escolares estão a melhorar"

Die Welt - Alemanha
"Neue Regeln sollen vierte Welle stoppen"

The Guardian - Inglaterra
"Watchdog hits out at ministers over top jobs"

O Estado de S. Paulo - São Paulo
"'Bico' avança e mais 2 milhões de informais recebem até um salário"

Folha de S.Paulo - São Paulo
"Bolsonaro esvazia fundos para fiscalização trabalhista"

O Globo - Rio de Janeiro
"Reajuste nos transportes pressionará inflação em 2022"

Estado de Minas Gerais - Minas Gerais
"Cambistas vendem laudos de covid-19 no Mineirão"

Correio Braziliense - Brasília
"Avanço da vacinação anima setor de eventos"

Zero Hora - Porto Alegre
"Adaptação de carros para uso de GNV cresce 38% no Estado"

O Povo - Ceará
"Expectativa é de menor impacto do 13º na economia"

Jornal do Commercio - Pernambuco
"Anvisa promete rapidez na análise de vacina infantil"

Atualizado em: 8/11/2021 10:43