Alexandre Gaiofato de Souza

Alexandre Gaiofato de Souza

Migalheiro desde fevereiro/2012.
Advogado e sócio do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados.
Crimes virtuais
Migalhas de Peso
3/11/2016

Crimes virtuais

Alexandre Gaiofato de Souza e Marco Aurélio Vieira Lopes
Os crimes virtuais também estão crescendo no Brasil, em diversas e inovadas modalidades, cometidos contra instituições financeiras, empresas, comerciantes, pessoas em geral e até artistas nacionalmente conhecidos.
MIGALHAS nº 4.138
Informativo Migalhas
23/6/2017

MIGALHAS nº 4.138

...vem sendo muito discutido. Os advogados Fabio Christófaro e Alexandre Gaiofato de Souza, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados, analisam a questão das férias, que é alvo de revisão. (Clique aqui) Reviravolta do ISS O advogado Carlos Henrique Ribeiro Pelliciari, do escritório Correia da Silva Advogados, fala sobre o aumento na lista de serviços sujeitos ao ISS e suas alterações. "Sob o pretexto de dividir de forma equalizada o ISS entre municípios produtores e consumidores, em verdade o Poder Legislativo criou uma burocracia contrária ao que a tecnologia oferece...
MIGALHAS nº 4.092
Informativo Migalhas
13/4/2017

MIGALHAS nº 4.092

... Má-fé do consumidor Os advogados Ricardo Kobi da Silva e Alexandre Gaiofato de Souza, da banca Gaiofato e Galvão Advogados Associados, refletem sobre casos nos quais empresas sérias são vítimas de pessoas "mal-intencionadas que, através de ações propostas perante o Juizado Especial Cível, visam simplesmente a possibilidade de serem indenizadas, sob frágeis alegações de terem sofrido supostos danos morais". (Clique aqui) Condomínio edilício Tratando da incorporação imobiliária, o advogado André Abelha, do escritório Castier/Abelha Advogados, tece considerações sobre o...
MIGALHAS nº 3.995
Informativo Migalhas
25/11/2016

MIGALHAS nº 3.995

...segurado são abordadas pelos advogados Renato Vinicius Caldas e Alexandre Gaiofato de Souza, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados. Confira. (Clique aqui) "Podemos morrer de susto. De tédio, jamais" "É inviável o país que nos mate de susto. Primeiro, foi com os mandados de busca e apreensão em escritórios de advocacia. Depois, das prisões dos advogados. Agora, é o relacionamento intocável entre o advogado e seu cliente que estão aí, para todo mundo ouvir." É o que afirma a jornalista e estudante de Direito Ivy Farias. (Clique aqui) Rentabilidade O project owner do SAJ...
MIGALHAS nº 3.986
Informativo Migalhas
10/11/2016

MIGALHAS nº 3.986

...Trabalho - Acordos coletivos Os advogados Fábio Christófaro e Alexandre Gaiofato de Souza, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados, abordam a validade da aplicação de cláusulas de convenções trabalhistas ou acordos coletivos após o término de suas vigências, questão em discussão no STF. (Clique aqui) Novembro Azul Tendo como mote a campanha "Novembro Azul", a advogada Letícia Fernandes Caboatan, do escritório Vilhena Silva Sociedade de Advogados, aborda os direitos dos pacientes com câncer de próstata com relação à cobertura do tratamento por planos de saúde. (Clique...
MIGALHAS nº 3.981
Informativo Migalhas
3/11/2016

MIGALHAS nº 3.981

...virtuais Ao discorrer sobre crimes virtuais, os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Marco Aurélio Vieira Lopes, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados, destacam seu crescimento no país, "em diversas e inovadas modalidades, cometidos contra instituições financeiras, empresas, comerciantes, pessoas em geral e até artistas nacionalmente conhecidos". (Clique aqui) ______________ Migalhas mundo Petrobras x EUA Advogados da Petrobras apresentaram argumentos ao Tribunal de Apelações dos EUA sobre ação de classe para recuperação de bilhões de dólares de...
MIGALHAS nº 3.977
Informativo Migalhas
27/10/2016

MIGALHAS nº 3.977

...judiciais. Tratando da banalização do dano moral, os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Valéria Fonseca de Andrade Miracca, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados, apresentam alternativa para melhorar a desproporção que tomou as ações indenizatórias. Confira. (Clique aqui) Novo CPC - Execução Com o advento do novo CPC, a advogada Kamilla Petrone Pereira, do escritório Bella Martinez Advogados, aborda a mudança no processo de execução que tornou possível a citação pelo correio, afim de tornar o processo mais célere e efetivo. (Clique aqui) INPI O advogado...
MIGALHAS nº 3.972
Informativo Migalhas
20/10/2016

MIGALHAS nº 3.972

... Registro de marca Os advogados Kelly Cristina Souza Donato e Alexandre Gaiofato de Souza, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados, comentam a valorização e vantagens do registro de marca de empresas, que garantem exclusividade do uso em um ramo de negócio. (Clique aqui) ______________ Migalhas mundo Olé, Olé Tribunal Constitucional da Espanha anula lei da Catalunha que proibia tradicional corrida de touros. (LA - clique aqui) Novas oportunidades Autoridades chilenas acham que mudanças políticas no Brasil e Argentina abrem portas para investidores. (LA -...
MIGALHAS nº 3.955
Informativo Migalhas
26/9/2016

MIGALHAS nº 3.955

...- Cobranças de dívidas Com base no novo CPC, os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Ricardo Kobi da Silva, da banca Gaiofato e Galvão Advogados Associados, tratam das novas formas de cobranças de dívidas. (Clique aqui) Repatriação de recursos Sobre a regularização de ativos mantidos no exterior, o advogado Evandro Catunda de Clodoaldo Pinto analisa diversos aspectos envolvendo a questão e afirma que a possibilidade de "acerto de contas" veio em "muitíssima boa hora". (Clique aqui) PJe O CNJ alterou, por meio da resolução 245/16, a redação da norma que trata do processo...
MIGALHAS nº 3.898
Informativo Migalhas
6/7/2016

MIGALHAS nº 3.898

...as disposições contidas na conhecida lei Pelé, os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Fábio Christófaro, da banca Gaiofato e Galvão Advogados Associados, abordam o direito de imagem e direito de arena do atleta profissional de futebol e destacam que os dois institutos "são importantes para dar o devido retorno financeiro e, consequentemente, a devida importância ao jogador." (Clique aqui) Criminalização da advocacia Os advogados Gamil Föppel e Pedro Ravel, do escritório Gamil Föppel Advogados Associados, analisam o julgamento "Versini-Campinchi e Crasnianski v. França" pela...
MIGALHAS nº 3.863
Informativo Migalhas
16/5/2016

MIGALHAS nº 3.863

...absorvida pelas sociedades empresariais. A opinião é dos advogados Alexandre Gaiofato de Souza (Gaiofato e Galvão Advogados Associados) e Marco Aurélio Vieira Lopes, que abordam os aspectos da defesa da sociedade empresária na esfera criminal. (Clique aqui) Boutique Jurídica Consultor da Inrise Consultoria em Marketing Jurídico, Alexandre Motta discorre sobre o conceito básico difundido erroneamente por muitos advogados : o conceito de boutique jurídica. (Clique aqui) Inglês jurídico Na coluna de hoje, Luciana Carvalho explica o termo "implicated", que significa estar...
MIGALHAS nº 3.854
Informativo Migalhas
3/5/2016

MIGALHAS nº 3.854

...nos locais de trabalho e em ambientes prisionais. Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Fábio Christófaro (Gaiofato e Galvão Advogados Associados) analisam a norma frente à CF, à CLT, e à jurisprudência do TST. (Clique aqui) CSLL - Coisa julgada A advogada Marcia de Lourenço Alves de Lima, do escritório Ronaldo Martins & Advogados, tece considerações sobre a coisa julgada no caso da CSLL. De acordo com ela, a RF tem efetuado lançamentos para exigir a CSLL de contribuintes que obtiveram êxito ao buscar o Judiciário para discutir a lei 7.689/88, fato que gera novas discussões...
MIGALHAS nº 3.829
Informativo Migalhas
28/3/2016

MIGALHAS nº 3.829

...ICMS (EC 87/2015)" é o tema de uma palestra com os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Ronaldo Pavanelli Galvão, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados. O evento gratuito será realizado amanhã, a partir das 9h, no Hotel Luz Plaza, no Bom Retiro, em SP. Os interessados em assistir à palestra podem confirmar presença por telefone com Vanessa Vaz : (11) 3337-7775. A advogada e sócia do escritório Basilio Advogados, Ana Tereza Basilio, fala sobre "O novo CPC e os meios alternativos de solução de conflitos" em seminário promovido pela Escola de Magistratura do Estado do...
MIGALHAS nº 3.794
Informativo Migalhas
3/2/2016

MIGALHAS nº 3.794

...aqui) _____________ Novo Apoiador Comandado pelos sócios Alexandre Gaiofato de Souza e Ronaldo Pavanelli Galvão, o escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados conta com um corpo jurídico especializado, profissionais comprometidos com os resultados e singular excelência, valorizando constantemente o diferencial somado à ética e agilidade. Visando à precisão e qualidade dos serviços prestados, o escritório disponibiliza os mais avançados recursos tecnológicos, ressaltando o compromisso ágil com os clientes. Clique aqui e conheça o novo Apoiador do Migalhas. SAC Operadoras...
MIGALHAS nº 3.494
Informativo Migalhas
12/11/2014

MIGALHAS nº 3.494

...do consumidor dos órgãos de proteção ao crédito. Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza, Ricardo Kobi da Silva e Valéria Fonseca de Andrade Miracca (Gaiofato e Tuma Advogados Associados) esmigalham a decisão. (Clique aqui) Divisão de bens Fraude matrimonial é o assunto abordado pela advogada Mariana Afonso, do escritório Roncato Advogados. "O uso desvirtuado de contratos civis e comerciais, e especialmente a dinâmica variação da fraude societária, têm servido com sucesso para burlar a lei e para inutilizar os frágeis mecanismos de proteção da meação conjugal." (Clique aqui)...
MIGALHAS nº 3.446
Informativo Migalhas
5/9/2014

MIGALHAS nº 3.446

...brasileiro. (Clique aqui) Proteção do ponto comercial Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza, Cássia Lorenço Bartel e Juliana de Oliveira Rodrigues (Gaiofato e Tuma Advogados Associados) elencam os requisitos para a proteção jurídica conferida ao ponto comercial nos contratos de locação. (Clique aqui) "Ações probatórias" O projeto do novo CPC comporta em seu texto uma nova modalidade de ações de produção antecipada de provas sem o requisito da urgência. A respeito da questão, o advogado Rogerio Licastro Torres de Mello, da banca Licastro Sociedade de Advogados, destaca que a...
MIGALHAS nº 3.437
Informativo Migalhas
25/8/2014

MIGALHAS nº 3.437

... _____________ Edital de justa causa - dano moral Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Marcelo Antonio Paschoal, do Gaiofato e Tuma Advogados Associados, alertam para o fato de que a JT tem compreendido que a publicação de edital de justa causa em jornais pode acarretar dano moral e orientam que "toda comunicação com o empregado seja feita de forma privada e direta". (Clique aqui) Jurisprudência O professor da Faculdade de Direito da USP Gustavo Filipe Barbosa Garcia observa a existência de enunciados de súmulas da jurisprudência que extrapolam o seu papel de...
MIGALHAS nº 3.390
Informativo Migalhas
17/6/2014

MIGALHAS nº 3.390

...escolha, cabendo ao funcionário optar. De acordo com os advogados Alexandre Gaiofato de Souza, Cassio Mortari e Fábio Christófaro, do escritório Gaiofato e Tuma Advogados Associados, este instrumento deve conter regras claras e não pode discriminar nenhum empregado. (Clique aqui) _____________ Migalhas Mundo Argentina A Suprema Corte dos EUA rejeitou apelação da Argentina no caso contra fundos especulativos. A decisão da Corte confirma a condenação determinada por um tribunal de NY em favor dos fundos especulativos NML Capital e Aurelius, que não quiseram se unir às...
MIGALHAS nº 3.385
Informativo Migalhas
10/6/2014

MIGALHAS nº 3.385

...jogos da seleção. (Clique aqui) Feriado da Copa Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Fábio Christófaro, do escritório Gaiofato e Tuma Advogados Associados, comentam a aprovação do PL 309/12, de SP, que estende ao comércio de rua os benefícios da lei 15.996/14, que decretou feriado municipal no dia 12 de junho. (Clique aqui) Judiciário Veja como fica o expediente do Judiciário durante a Copa. (Clique aqui) Bancos As agências bancárias vão abrir das 8h30 às 12h30 em dias de jogos do Brasil. _____________ Observatório internacional da Copa Voz da experiência Países...
MIGALHAS nº 3.382
Informativo Migalhas
5/6/2014

MIGALHAS nº 3.382

...como em outros estabelecimentos. Confira as considerações de Alexandre Gaiofato de Souza, do escritório Gaiofato e Tuma Advogados Associados. (Clique aqui) Refugiados O advogado Luiz Flávio Filizzola D'urso, da banca D'Urso e Borges Advogados Associados, chama atenção para a situação dos refugiados no Brasil. Lembrando recente caso no qual 400 haitianos foram enviados do AC para SP, o causídico afirma ser necessária uma grande discussão sobre o tema a fim de que medidas sejam tomadas para resguardar os direitos mínimos dos refugiados. (Clique aqui) _____________ Migalhas...
MIGALHAS nº 3.376
Informativo Migalhas
28/5/2014

MIGALHAS nº 3.376

...!" (Clique aqui) Trânsito Os advogados Romeu Tuma Junior, Alexandre Gaiofato de Souza e Márcio Holanda Teixeira, da banca Gaiofato e Tuma Advogados Associados, esmiúçam os aspectos da lei 12.971/14, que aumentou o rigor na punição de infrações de trânsito. (Clique aqui) _____________ Migalhas Mundo Europa Líderes da UE concordam em rever as prioridades do bloco. Os chefes de Estado se reuniram em Bruxelas após as eleições para o Parlamento em que os partidos nacionalistas e eurocéticos foram os vitoriosos. (MI - clique aqui) Esta e outras notícias no Migalhas...
MIGALHAS nº 3.344
Informativo Migalhas
8/4/2014

MIGALHAS nº 3.344

...contra as relações de consumo é o tema analisado pelos advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Márcio Holanda Teixeira, do escritório Gaiofato e Tuma Advogados Associados. Segundo os causídicos, urge que todos os agentes envolvidos "atuem de modo mais efetivo no sentido de coibir abusos contra os cidadãos". (Clique aqui) Desrespeito à CF "Inúmeras são as situações em que as determinações constitucionais e legais são vilipendiadas pelo Poder Legislativo." A opinião é da advogada Maria Ednalva de Lima, do escritório Maria Ednalva de Lima Advogados Associados, que aponta as ofensas...
Debate acerca da nova lei anticorrupção enriquece a seção Migalhas de peso
Migalhas Quentes
2/4/2014

Debate acerca da nova lei anticorrupção enriquece a seção Migalhas de peso

...seus impactos na vida empresarial e adequações necessárias - Alexandre Gaiofato de Souza e Márcio Holanda Teixeira Programas de compliance devem ser encarados como diferencial competitivo - Leonardo T. de Moraes Nova Lei Anticorrupção - Enrique Hadad e Miguel Manente A lei anticorrupção e o novo regime de responsabilidade das empresas envolvidas em atos de corrupção - Andrea Seco e Tarcisio José Moreira Júnior O crime não compensa! - Plinio Shiguematsu Lei Anticorrupção - Será que "pega?" - Jane Resina F. de Oliveira A lei anticorrupção brasileira - Rafael...
MIGALHAS nº 3.324
Informativo Migalhas
11/3/2014

MIGALHAS nº 3.324

...Garanta já o seu lugar. (Clique aqui)AnticorrupçãoOs advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Márcio Holanda Teixeira, do escritório Gaiofato e Tuma Advogados Associados, analisam a sistemática da lei anticorrupção (12.846/13), sintetizando seus principais aspectos. (Clique aqui)Decifra$Em texto inaugural, o economista Francisco Petros discorre sobre fim do dualismo do Direito Público e Privado. Para o colunista, "este equilíbrio dependerá em larga medida dos préstimos do Direito verdadeiramente solidário definido como aquele que combinar melhor as relações comutativas (entre os...
MIGALHAS nº 2.852
Informativo Migalhas
11/4/2012

MIGALHAS nº 2.852

...na semana passada e regulamentado pela MP 563, os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Ronaldo Pavanelli Galvão, do escritório Gaiofato Advogados Associados, explicam os benefícios fiscais. (Clique aqui) Seguro ambiental Com a gravidade e aumento da frequência de desastres ambientais, como o ocorrido com o vazamento de petróleo na Bacia de Campos/RJ, o advogado Ricardo Ferreira Batista, do escritório Rayes Advogados Associados, acredita que a necessidade de tornar o seguro ambiental obrigatório cresce a cada dia, pois, independentemente de culpa, quem causa um dano ambiental...
MIGALHAS nº 2.835
Informativo Migalhas
16/3/2012

MIGALHAS nº 2.835

...decisões conflitantes". (Clique aqui) Licitações Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Márcio Holanda Teixeira, do escritório Gaiofato Advogados Associados, explicam noções gerais sobre licitações, já que esse procedimento administrativo é obrigatório para compras e serviços contratados pelo governo, seja Federal, estadual ou municipal. (Clique aqui) Migalhas dos leitores - Crucificando o crucifixo "Vou guardar o artigo de recordação (Migalhas 2.832 - 13/3/12 - clique aqui). Não me lembro de nenhum artigo ou comentários recentes sobre a fé cristã, que o nome do Senhor...
MIGALHAS nº 2.832
Informativo Migalhas
13/3/2012

MIGALHAS nº 2.832

...em mais de três meses. (Clique aqui) EIRELI Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Tábata Golfeto Delaquila, do escritório Gaiofato Advogados Associados, discorrem sobre as INs 117 e 118/2011 que aprovaram o Manual de Atos de Registro de EIRELI e destacam que as juntas comerciais devem adaptar seus instrumentos de orientação aos usuários. (Clique aqui) Previdência privada O advogado Paulo José Pereira Carneiro Torres, do escritório Gama Malcher Consultores Associados, faz uma análise na natureza jurídica da responsabilidade civil dos administradores de fundo de previdência...
MIGALHAS nº 2.827
Informativo Migalhas
6/3/2012

MIGALHAS nº 2.827

...aqui) Ponto eletrônico Na polêmica do ponto eletrônico, os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Ronaldo Pavanelli Galvão, do escritório Gaiofato Advogados Associados, explicam que "caso a empresa queira utilizar dos procedimentos manuais (livro, por exemplo), ou mecânicos (chapeira), não estará obrigada a seguir os ditames que dispõe a presente portaria". (Clique aqui) Aborto No tocante da polêmica questão do aborto, em que ciência e religião divergem, Gilberto de Mello Kujawski propõe a concepção de uma nova perspectiva : a antropológica. (Clique...
MIGALHAS nº 2.823
Informativo Migalhas
29/2/2012

MIGALHAS nº 2.823

...o total estipulado em lei". Simples nacional Os advogados Alexandre Gaiofato de Souza e Ronaldo Pavanelli Galvão, do escritório Gaiofato Advogados Associados, explicam as regras para o parcelamento de débitos do simples nacional e afirmam que isso será de grande importância para as microempresas e empresas de pequeno porte que se encontravam em vias de serem excluídas desse regime tributário por possuírem valores em aberto. (Clique aqui) ____________ Migalhas mundo Negação Conselho Constitucional francês censura lei que pune a negação de genocídios, incluindo o genocídio...