terça-feira, 7 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Recuperação judicial

Advogado alerta para possível aumento de recuperações judiciais com queda no PIB

Relatórios apontam queda de até 6,25% no PIB brasileiro de 2020.

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Relatório Focus do Banco Central divulgado na segunda-feira, 1º, apontou média das projeções do mercado para o PIB brasileiro em 2020. O relatório mostra queda de 5,89% a 6,25%. Diante disso, a consultoria Pantalica Partners estima em pelo menos 3 mil as companhias que deverão pedir recuperação judicial, se confirmada uma queda.

t

O advogado especialista em recuperação judicial, Bryan Mariath Lopes, da Lee, Brock, Camargo Advogados (LBCA), concorda com a estimativa da consultoria. Para o advogado, entrará na balança da decisão das empresas as repercussões negativas econômicas sofridas durante a crise deflagrada pela covid-19.

“O mercado espera que as empresas avaliem sua situação, renegociem as dívidas e busquem uma saída, que pode ser a recuperação judicial.”

Os pedidos de recuperação judicial subiram 68,6% de abril para maio, segundo a Boa Vista e podem superar o recorde que foi em 2016, com 1.872 registros. Segundo o advogado, ainda não há conhecimento claro do cenário.

"Ainda não temos um cenário claro sobre o tamanho da crise depois da paralisação da economia, mas já é possível divisar as dificuldades que as empresas pequenas, médias e grandes enfrentarão até o final do ano.”

________________

t

informativo de hoje

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram