INFORMATIVO

  1. Home >
  2. Amanhecidas >
  3. MIGALHAS nº 5.297

MIGALHAS nº 5.297

Quarta-Feira, 23 de fevereiro de 2022 - Migalhas nº 5.297.
Fechamento às 10h33.


Registro

Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Fomentador:

  • Essent Jus

(Clique aqui)


"A diferença entre o dinheiro miúdo e o dinheiro graúdo é que este, naturalmente, fala mais alto."

Millôr Fernandes

Faz um Pix

Globo conseguiu bloquear os direitos aquisitivos sobre imóvel pago com um Pix feito de maneira equivocada no valor de R$ 318 mil. Em dezembro, a emissora depositou a quantia por engano na conta de um advogado, que comprou um imóvel. Juiz entendeu que o advogado fez uso de um valor que não era dele. (Clique aqui)

Rol da ANS

O STJ retoma hoje julgamento que decidirá se planos de saúde são obrigados a cobrir só o que está na lista da ANS - quer dizer, se o rol previsto pela agência é taxativo ou exemplificativo. Dois recursos serão julgados na 2ª seção. Análise teve início no ano passado, quando votou o relator, ministro Salomão, pela taxatividade, mas foi interrompido por vista da ministra Nancy. (Clique aqui)

Rol da ANS - Repercussão

O apresentador Marcos Mion chamou atenção para o tema nas redes sociais. Ele, que é pai de um adolescente com autismo, diz que, a depender da decisão do STJ, o julgamento pode prejudicar milhares de pessoas que necessitam de tratamentos específicos. A jornalista Andréa Werner anunciou no Twitter que ela e outras mães farão ato no STJ para pressionar a Corte. O plano é se acorrentarem em frente ao Tribunal. (Clique aqui)

Terceirização - Tese

Na tarde de ontem, o plenário do TST fixou importante tese acerca da licitude da terceirização de serviços. Os ministros analisaram algumas lacunas que ainda restavam após o STF decidir, em 2018, pela constitucionalidade da terceirização de atividade-fim. Confira a tese fixada. (Clique aqui)

Prevaricação afastada

Em liminar, Toffoli afasta criminalização da atuação funcional de juízes e membros do MP. Decisão impede que membros do Judiciário e do parquet sejam responsabilizados por crime de prevaricação em decorrência do exercício regular de suas atividades funcionais. (Clique aqui)

Tragédia em Petrópolis

Fux determinou a suspensão da contagem dos prazos nos processos em que o município de Petrópolis seja parte, no período de 18/2 a 20/3, em razão do estado de calamidade pública na cidade. (Clique aqui)

Reconhecimento fotográfico

2ª turma do STF absolveu homem condenado pelo crime de roubo tendo como prova apenas o reconhecimento fotográfico realizado, inicialmente, por meio do WhatsApp. (Clique aqui)

Ouvi dizer

Ministro Fux negou recurso do MP/PE e manteve a despronúncia de homem que foi acusado de homicídio com base em depoimentos de "ouvi dizer" de populares. A defesa foi realizada pelo escritório João Vieira Neto Advocacia Criminal. (Clique aqui)

Acordo de Não Persecução Penal

2ª turma do STF anulou a condenação de um homem pelo crime de falso testemunho após o arquivamento de seu pedido de ANPP - Acordo de Não Persecução Penal pela Justiça Federal de primeiro grau. (Clique aqui)

Retorno dos autos

1ª turma do STJ julgou recurso especial no qual a banca Teixeira Zanin Martins Advogados processa a União pela interceptação telefônica do principal ramal do escritório autorizada pelo ex-juiz Sergio Moro. O colegiado determinou o retorno dos autos ao Tribunal de origem (TRF-3) a fim de dar continuidade ao julgamento do agravo. (Clique aqui)

Constrangimento ilegal

TRF da 5ª região concede HC para anular a busca e apreensão feita em dezembro de 2021 contra o presidenciável Ciro Gomes na operação Colosseum. Investigação apura suposta propina a políticos e servidores do Ceará nas obras do Estádio Castelão. Segundo decisão, houve constrangimento ilegal no ato. (Clique aqui)

Interrogatório virtual

Os advogados Bárbara Mostachio Ferrassioli e Ronaldo dos Santos Costa tratam da possibilidade de realização de interrogatório virtual do réu foragido. (Clique aqui)

Prazo prescricional

3ª turma do STJ começou a julgar recurso que discute qual o fato gerador da pretensão para fins de contagem de prazo prescricional para o ajuizamento de ação de cobrança de indenização securitária - se a data do sinistro ou a data da ciência da recusa pela seguradora. Para a relatora, ministra Nancy, o prazo apenas começa a fluir com a ciência do segurado quanto à negativa de cobertura securitária. O ministro Ricardo Villas Boas Cueva pediu vista. (Clique aqui)

Liberdade de imprensa - Até onde vai?

Band foi condenada a indenizar, em 80 salários-mínimos, por matéria no programa "Brasil Urgente" que acusou pedreiro de abuso e cárcere. O homem teve sua casa saqueada e destruída. Decisão é da 3ª turma do STJ. Para os ministros, a liberdade de imprensa não é absoluta. (Clique aqui)

Cavernas

Toffoli pediu vista e interrompeu julgamento em plenário virtual sobre a validade do decreto 10.935/22, editado por Bolsonaro, que altera a legislação de proteção a cavernas, grutas, lapas e abismos e permite a exploração, inclusive, daquelas com grau máximo de proteção. Em janeiro, o relator da matéria, ministro Lewandowski, suspendeu trechos do decreto. (Clique aqui)

Queima de cana

1ª turma do STJ começou a julgar recurso do MP/GO contra empresas agrícolas, visando a condenação em se abster da prática de queima da palha de cana-de-açúcar por danos ao meio ambiente. O relator, Benedito Gonçalves, negou provimento ao recurso. A ministra Regina Helena pediu vista, suspendendo o julgamento. (Clique aqui)

LRF - Mediação e tutela cautelar

Os advogados Alex Hatanaka, Gabriel Kukulka Figuinha e Priscila Hirschheimer (Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados) tratam da mediação e tutela cautelar na LRF, um tema que vem ganhando muita atenção ultimamente no âmbito de reestruturação e insolvência. (Clique aqui)

Concurso público

Ministro Gilmar Mendes pediu destaque e suspendeu julgamento de ação que busca a declaração de constitucionalidade de lei Federal que estabelece apenas a exigência de concurso de títulos - e não de provas e títulos - em concurso de remoção para o exercício da atividade notarial e de registro. (Clique aqui)

TJ/SP

A desembargadora Daise Fajardo disputará, na próxima quarta-feira, uma cadeira na 2a câmara reservada de Direito Empresarial do TJ/SP. Será, salvo engano, a primeira mulher numa das câmaras de Direito Empresarial. Ela concorre à vaga com os não menos ilustres desembargadores Natan Zelinski e Pedro Baccarat. A vaga era ocupada pelo saudoso desembargador Araldo Telles, que faleceu recentemente, deixando uma legião de fãs no Judiciário bandeirante.


Eventos Migalhas


Visual Law

A OLX já colhe bons frutos com a implementação do Visual Law, técnicas visuais e de linguagem que facilitam a comunicação nos documentos jurídicos, seja com seus clientes, usuários da plataforma ou com o Judiciário. Até o momento, 49 decisões foram proferidas no Nordeste, entre sentenças e acórdãos, representando 96% de êxito na região. (Clique aqui)

Pejotização

Júlio Beltrão e Ian Barbosa Santos (Espallargas, Gonzalez & Sampaio - Advogados) refletem sobre a decisão do STF acerca da licitude da pejotização: "É muito bem-vinda a decisão no sentido de afastar a presunção de ilegalidade da contratação de pessoas jurídicas". (Clique aqui)

Insanidade?

TJ/SP concedeu ordem de HC para cassar decisão que determinou a instauração de incidente de insanidade mental com base em documentos que evidenciavam simples quadro de depressão do acusado. Colegiado entendeu que não há nada nos autos a indicar que o réu não teria capacidade de entender o caráter ilícito da conduta supostamente praticada. (Clique aqui)

Dupla maternidade

Juíza do Espírito Santo atendeu ao pedido de um casal homoafetivo e autorizou o reconhecimento da dupla maternidade em certidão de nascimento da filha, gerada por inseminação caseira. A magistrada observou que a relação entre o casal e o bebê vem sendo desenvolvida sob afeição e afirmou que o Estado tem o dever de proteger a família. (Clique aqui)

Trabalhista

TRT da 15ª região acolheu pedido de trabalhadora e estendeu a responsabilidade subsidiária de empresa relativa a período em que esteve de licença-maternidade. Para o colegiado, quem contrata passa a ser responsável por direitos inerentes ao período, inclusive de férias ou de licença-maternidade. O escritório Calanca Sociedade de Advogados atua no caso. (Clique aqui)

CDI - Contrato bancário

Advogado Lucas Ribeiro (Silva Mello Advogados Associados) coloca em discussão os reflexos da divergência jurisprudencial na aplicação do CDI aos contratos bancários. (Clique aqui)


  • Colunas

Porandubas políticas

A campanha eleitoral deste ano obedecerá a alguns ciclos e terá duas estacas a sustentá-la: a emoção e a razão. Veja a análise com Gaudêncio Torquato. (Clique aqui)

Novos Horizontes do Direito Privado

O advogado Carlos Alberto Garbi discorre acerca do superendividamento e da insolvência. (Clique aqui)

Migalhas Notariais e Registrais

O registrador Sérgio Jacomino analisa criticamente as alterações feitas pela MP 1.085/21 na contagem dos prazos aplicáveis aos cartórios extrajudiciais. (Clique aqui)

Família e Sucessões

Flávio Tartuce aborda tema que vem sendo debatido muito intensamente no âmbito da doutrina brasileira, que diz respeito à possibilidade da arbitrabilidade em matérias de Direito de Família. (Clique aqui)

Direitos Fundamentais

O advogado Igor Pereira fala do combate do crime de tráfico de mulheres para fins de exploração sexual. (Clique aqui)

Meio de campo

Advogado Rodrigo R. Monteiro de Castro, um dos idealizadores da Sociedade Anônima do Futebol, trata da realidade, das ilusões e das perspectivas da própria SAF. (Clique aqui)


Gramatigalhas

O leitor Irineu Lopes envia à coluna Gramatigalhas a seguinte mensagem:

"Boa noite, Dr. José Maria da Costa! Admirável pessoa, por quem tenho total respeito e referência para com as dúvidas que me cercam. A vírgula PODE ou não ser usada para separar a oração principal da subordinada adverbial na ordem direta? Em pesquisa na internet, deparei-me com o site do 'g1.com' com o post de um estudioso explicando 'três dicas com regras simples para usar a vírgula sem erro'. Dentre as diversas, ele apresentou esta citação abaixo: '4ª - A vírgula PODE ser usada para separar a oração principal da subordinada adverbial (causal, concessiva, condicional, final, temporal...): 'Ele foi promovido, porque sempre se dedicou à empresa'(causal); 'Ele foi promovido, embora não se dedicasse muito à empresa'(concessiva); 'Eles só será promovido, caso se dedique mais à empresa' (condicional); 'Ele desenvolveu o projeto, conforme nós orientamos' (conformativa); 'Ele tem se dedicado muito, para que possa ser promovido' (final); 'Ele só assinará o contrato, quando receber toda a documentação' (temporal)." Daí, fiquei mais na dúvida! "Pode ou não pode?!"

Se você também quer saber o que o Dr. José Maria da Costa pensa a esse respeito, então clique aqui.

Manual de Redação Jurídica - Seu guia diário!

Adotado como referência não só pelos profissionais da área jurídica, mas de diversos segmentos, o "Manual de Redação Jurídica", de autoria do professor e colunista migalheiro José Maria da Costa, é sucesso no mercado editorial brasileiro há vários anos. Garanta o seu indispensável exemplar na Livraria Migalhas. (Clique aqui)

E-book

Mais de 2.800 respostas a dúvidas de leitores em um clique! Adquira agora a versão digital do "Manual de Redação Jurídica". É só clicar aqui!


Apoiadores

Clique aqui para conhecer os festejados Apoiadores de Migalhas

Ferreira e Chagas Advogados Ferreira e Chagas Advogados
Ferreira Pinto, Cordeiro, Santos e Maia Advogados Associados Ferreira e Chagas Advogados
Fialdini Einsfeld Advogados Figueira Júnior Advogados

  • Migalhas de peso

- "O STJ irá decidir se o rol da ANS é exemplificativo ou taxativo", por Luiza Souza de Araújo (Santos Perego & Nunes da Cunha Advogados Associados). (Clique aqui)

- "Desinformação e liberdade de expressão: O que esperar das redes sociais em ano eleitoral?", por Natalia Gigante (Daniel Advogados). (Clique aqui)

- "Senado rejeita os pressupostos constitucionais de relevância e urgência da MP 1.045/21, denominada como minirreforma trabalhista", por Ana Lúcia Pinke Ribeiro de Paiva, Flavia Sulzer Augusto Dainese e Marília Chrysostomo Chessa (Araújo e Policastro Advogados). (Clique aqui)

- "Questões relevantes sobre a necessidade da redução da maioridade penal referente aos crimes hediondos", por Anna Bianca Nascimento (Parada Advogados). (Clique aqui)

- "Compensação em embargos à execução fiscal: como ficam os processos em andamento?", por Tayla Born Alves Andreis (Gaia Silva Gaede Advogados). (Clique aqui)

- "Proteção de dados pessoais e seu novo status como um direito fundamental", por Matheus Lira, Gustavo Rocco Correa e Andreza Ramos da Silva (Fogaça Murphy Advogados). (Clique aqui)

- "Por que dizer o óbvio na era da incerteza?", por Rita de Cássia Camargo (Camargo e Camargo Advogados). (Clique aqui)

- "O que esperar para a infraestrutura logística em 2022?", por Mariana Avelar (Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados). (Clique aqui)

- "Sociedade anônima do futebol e sua regulamentação", por Renata Homem de Melo e Cindy Sofia Lai (FAS Advogados - Focaccia, Amaral e Lamonica Advogados). (Clique aqui)

- "Realização de exames complementares pelos laboratórios em seus próprios colaboradores: uma prática arriscada para ambos os lados", por Helen Caroline Pinto e Lucélia Bastos Gonçalves Marcondes (Rücker Curi Advocacia e Consultoria Jurídica). (Clique aqui)

- "Não discuta Anatocismo, discuta juros compostos", por Lucianna Cabral (Tablóide Econômico). (Clique aqui)

- "Provedor de e-mail: O que é e como escolher o melhor para sua empresa", por Lucas Ferreira Da Silva (Penso Tecnologia). (Clique aqui)

- "Racismo não é brincadeira", por Carlos André Pereira Nunes (Instituto Carlos André). (Clique aqui)


Eventos Migalhas


Apoiadores

Clique aqui para conhecer os festejados Apoiadores de Migalhas

Ferreira Pinto, Cordeiro, Santos e Maia Advogados Associados Figueiredo & Velloso Advogados Associados
Figueiredo Ferraz Advocacia Filipe Oliveira Advocacia
Firozshaw Advogados FKG - Forbes, Kozan e Gasparetti Advogados

Novo Fomentador

Migalhas vem contando com o apoio de institutos, editoras, faculdades, associações e empresas de eventos para trazer sempre vantagens aos leitores. São os Fomentadores do Direito brasileiro. Temos o privilégio de anunciar que Migalhas conta a partir de hoje com a participação de mais um Fomentador do Direito:

  • Essent Jus

A Essent Jus é uma empresa focada em obrigações digitais. A Rede Essent Jus é especializada em Contabilidade Partidária e Eleitoral. Contam com mais de 900 unidades físicas de atendimento em todo o país, com sistemas e metodologia de trabalho exclusivos, desenvolvidos com base na experiência de mais de 20 anos atendendo partidos e campanhas de todos os tamanhos, de municipais a nacionais. Clique aqui e conheça o novo Fomentador de Migalhas.


Webinar - BR DO MAR

Amanhã, às 17h, Migalhas realiza, em parceria com o escritório Machado, Cremoneze, Lima e Gotas - Advogados Associados, webinar para discutir a "BR DO MAR: Circunstâncias e Perspectivas (Transportes e Seguros)", com os sócios da banca Rubens Walter Machado Filho e Paulo Henrique Cremoneze, Luciana Vaz Pacheco de Castro e Larry Rabb. Participe, clique aqui.

Relacionamento

ASBZ Advogados acaba de anunciar a chegada de Laura Buttarello como nova Diretora de Relacionamento e Experiência do Cliente. (Clique aqui)

Baú migalheiro

Há 256 anos, em 23 de fevereiro de 1766, o químico e físico inglês Henry Cavendish descobria o hidrogênio. O fato ocorreu durante uma experiência com gases, e o elemento químico foi nomeado por ele de ar inflamável. O cientista provou que o hidrogênio é composto por oxigênio e água, sendo representado pelo símbolo H. Suas principais funções industriais são a refinação de combustíveis fósseis e a produção de amoníaco. Henry Cavendish foi premiado com a medalha Copley pela Sociedade Real, revolucionando a ciência com sua descoberta. (Compartilhe)


Novidades

A Comissão de Direito Societário da OAB/MG lançou o e-book "Direito Societário - Desafios atuais e pós-pandêmicos", organizado por Maria Celeste Morais Guimarães. Frederico Viana Rodrigues, sócio do escritório Cescon Barrieu Advogados, aborda, no e-book, o tema "Efeitos da Subcapitalização Material Qualificada no Direito Brasileiro". (Clique aqui)

A obra "Direito Penal - Parte Geral Volume 1 - 3° Edição", da Thomson Reuters - Revista dos Tribunais, de autoria de Luciano Anderson de Souza, traz ao estudante e ao profissional jurídico uma noção clara e atualizada do Direito Penal brasileiro (clique aqui). Para aproveitar esta e outras novidades, a Thomson Reuters promove, neste mês, o cupom "RTnoMigalhas", que garante 15% de desconto nos livros de lançamento. Aproveite! (Clique aqui)

Migalhíssimas

Hoje, às 19h, a vice-presidente da OAB/RJ e sócia do escritório Basilio Advogados, Ana Tereza Basilio, recebe para live o presidente da OAB de Madureira/Jacarepaguá, Waldemar Bezerra, e a vice-presidente da 32ª subseção, Danielle Marçall. O tema do encontro virtual é "As prioridades da nova gestão". A transmissão será pelo Instagram de Ana Tereza.

Pierpaolo Bottini, do escritório Bottini & Tamasauskas Advogados, participará da abertura da 3ª temporada do PodCast "Direito de Resposta", realizada por Renato Sapiro. O PodCast aborda temas sobre carreira, tendências e curiosidades com os principais personagens do meio jurídico. O episódio estará disponível em todas as plataformas de streaming (Spotify, Googlecast, Apple, Amazon), a partir do dia 28/2. (Clique aqui)

Amanhã, das 8 às 12h, acontece o "CIST Workshop Fevereiro 2022", que trará, no painel 1, as "Soluções de inteligência para gestão dos riscos de roubo de carga", e no painel 2 a "Crise pandêmica: Desafios da saúde e impactos econômicos no mundo da logística" (clique aqui). O evento será presencial e também terá transmissão online pelo canal do CIST no YouTube. (Clique aqui)

De 15/3 a 2/6, às terças e quintas-feiras, acontece o "Curso Prático de Fusões & Aquisições". Entre os organizadores, Joaquim de Paiva Muniz, do escritório Trench Rossi Watanabe. (Clique aqui)

Laís de Figueiredo Lopes e Paula Storto, sócias do escritório Szazi, Bechara, Storto, Reicher e Figueirêdo Lopes Advogados, participam do corpo docente da PUC-SP no curso de especialização de "Gestão e projetos em organizações do terceiro setor", com a disciplina "Direito e legislação aplicada às Organizações da Sociedade Civil" desde 2007. Este ano, a disciplina foi também transformada em um curso de extensão. Mais detalhes sobre a especialização, clique aqui. Mais informações sobre o curso de extensão ministrado pelas sócias, clique aqui.

Willian Augusto Lecciolli Santos, advogado do escritório Dannemann Siemsen, é o novo presidente da Comissão de Propriedade Intelectual da OAB/MG, para o triênio 2022/24.

Ana Carolina Lourenço, advogada do escritório Machado Meyer Advogados e membro do Comitê de Diversidade e Inclusão do escritório, foi diplomada como conselheira da OAB/SP e nomeada vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada da instituição.

Marcelo Terra, do escritório Duarte Garcia, Serra Netto e Terra - Sociedade de Advogados, foi reconhecido pela edição de 2022 do "Who's Who Legal 2022" como "Thought Leaders Global Elite" na área de Direito Imobiliário. O guia afirma que "Marcelo Terra é um excelente advogado, muito reconhecido no mercado imobiliário. Ele impressiona pela vasta experiência e conhecimento das leis e regulamentos aplicáveis". (Clique aqui)

A edição de 2022 do "Chambers Global" destacou a atuação do escritório SABZ Advogados em "Insurance", assim como a do sócio Pedro Guilherme G. de Souza. (Clique aqui)

Riscos

O estudo realizado pela Kronoos, plataforma SaaS para compliance, revela o aumento da preocupação dos empresários brasileiros relacionada aos riscos de fazer negócios com organizações que não estejam em conformidade com a legislação, comportamento que está sendo apontado por especialistas como uma tendência mundial.Confira! (Clique aqui)

Empreendedorismo

Especialista em precificação e finanças, CEO e fundadora da BM Finance Group, Beatriz Machnick explica melhores formas para empreendedores de retomar prospecções de propostas enviadas em 2021 que não obtiveram respostas. (Clique aqui)

Nova Comissão

A OAB/SP criou a "Comissão Especial de Observatório Eleitoral", que será presidida por Maira Calidone Recchia Bayod. Confira! (Clique aqui)

Agronegócio

A Associação dos Produtores e Irrigantes da Bahia - AIBA e a Associação Baiana de Produtores de Algodão - ABAPA promovem, em parceria com o IDP - Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa, o seminário "Águas do Oeste: legislação e boas práticas de irrigação no agronegócio", amanhã, das 15 às 17h. Inscreva-se! (Clique aqui)

Inovação política

Essent Jus promove, dias 9 e 11/3, no Millennium Convention Center, em Brasília/DF, o congresso inédito "Essent Jus Experience", com as principais inovações na legislação contábil, eleitoral, marketing, comunicação política e insights de como atuar de maneira mais empreendedora neste mercado. (Clique aqui)

Propriedade intelectual

A ASPI - Associação Paulista da Propriedade Intelectual promove o "XXI Congresso Internacional da Propriedade Intelectual", que acontece no formato híbrido, nos dias 14 a 16/3, a partir das 9h. Concorra a uma vaga-cortesia online. (Clique aqui)

Eficiência jurídica

Dia 22/3, às 10h, a Thomson Reuters Brasil promove o webinar gratuito "Gestão Financeira e Eficiência Jurídica nos Escritórios de Advocacia". Participe! (Clique aqui)

Compliance Class

Editora Mizuno apresenta o Compliance Class, o "Curso de Formação em Compliance Anticorrupção na Administração Pública", que permitirá que o aluno tenha uma visão geral do sistema brasileiro anticorrupção, propiciando uma atuação preventiva eficaz, principalmente no contexto de assessoria e consultoria. (Clique aqui)

Regulação de portos

A FGV Direito Rio acaba de criar o "Comitê de Regulação de Portos". Idealizada dentro do projeto "Regulação em Números", a iniciativa tem como objetivo fomentar melhorias regulatórias necessárias ao desenvolvimento desse setor estratégico para o desenvolvimento da infraestrutura do país. Confira! (Clique aqui)

Smart Contracts

A PUC-SP promove o curso de especialização "Programação de Smart Contracts em Blockchain para profissionais do Direito", que tem como objetivo capacitar bacharéis em Direito para atuação na concepção, desenvolvimento, implementação e gerenciamento de Smart Contracts. Descontos de até 25%. Inscreva-se! (Clique aqui)

Seleção especializada

A "RadarRH" é parceira para recrutamento e seleção de profissionais da área jurídica em todo Brasil. A Radar - Gestão para Advogados possui 95% de assertividade e o processo todo leva cerca de 35 dias! Para receber uma proposta personalizada, agende uma reunião de diagnóstico. Entre em contato com a Juliane Loss (WhatsApp (41) 98790-7550).

Entrevistas

Em uma série de entrevistas, no projeto denominado "20' com BuscaJur", o BuscaJur apresenta seus parceiros. Conheça o "NetDocuments" e "LegalManager". (Clique aqui)

Viva

Sorteio de obra: O ganhador da obra "Agronegócio, Tributação E Questões Internacionais - Vol 2" (Quartier Latin - 568p.), coordenada por Heleno Taveira Torres e Jimir Doniak Jr., é Charles Costa, do RJ. (Clique aqui)


Fomentadores

Clique aqui para conhecer todos os Fomentadores do Migalhas

unico Universidade Nove de Julho - UNINOVE
Universidade Santo Amaro - Unisa Verifact

Mural Migalhas - Oportunidade de trabalho

Sempre que se busca uma cidade no site Migalhas, procurando-se um correspondente jurídico, e não se encontra, o sistema nos avisa e, ah, nasce uma oportunidade. Ei-la abaixo, atualizada diariamente: é o rol de cidades nas quais há emergente necessidade de um profissional, mas não há, ainda, nenhum migalheiro cadastrado:

MG/Itaobim
RJ/Aperibé
RJ/Silva Jardim
RO/Buritis

Se você quer se candidatar para eventualmente atender quem procura, clique aqui.


Migalhas Clipping

The New York Times - EUA
"Condemning Russia, Biden Issues Sanctions"

The Washington Post - EUA
"West rolls out penalties against Russia"

Le Monde - França
"Face à Poutine toujours plus menaçant, l'Occident prend des premières sanctions"

Corriere Della Sera - Itália
"Putin minaccia. Sanzioni da Usa e Ue"

Le Figaro - França
"Ukraine: jusqu'où ira Poutine?"

Clarín - Argentina
"Biden denunció que Putin invadió Ucrania y anuncia sanciones contra Rusia"

El País - Espanha
"Casado deja caer a Egea ante la cita clave con los barones"

Público - Portugal
"Europa e EUA respondem a agressão da Rússia à Ucrânia com sanções tímidas"

Die Welt - Alemanha
"Europas Naivität und Russlands Stolz"

The Guardian - Inglaterra
"War threat grows as Putin backs Ukraine proxy states"

O Estado de S. Paulo - São Paulo
"EUA e Europa impõem à Rússia primeira leva de sanções"

Folha de S.Paulo - São Paulo
"Flávio Bolsonaro mobilizou Receita em caso da 'rachadinha'"

O Globo - Rio de Janeiro
"EUA e Europa reagem com sanções econômicas à Rússia"

Estado de Minas Gerais - Minas Gerais
"Crise na segurança faz Zema cancelar agenda"

Correio Braziliense - Brasília
"Governo vai lançar pacote para estimular a economia"

Zero Hora - Porto Alegre
"Em resposta à ofensiva russa, nações do Ocidente anunciam sanções econômicas"

O Povo - Ceará
"Dólar em queda faz procura pela moeda subir em Fortaleza"

Jornal do Commercio - Pernambuco
"Ocidente reage e faz sanções à Rússia"

Atualizado em: 23/2/2022 14:30